COLUNA DO GP1

Operários da construtora RM reclamam de falta de pagamento

10/01/2019 17h18 - atualizado 17h19

Operários que trabalham na construção da ponte de concreto sobre o riacho do vaqueiro, ligando as cidades de Esperantina a Batalha, ameaçam deixar a obra por conta do atraso no pagamento de seus salários.

A obra está a cargo da empresa RM Estrutura e Pavimentação Ltda.

Segundo o Portal da Transparência do Governo Federal já foram efetuados pagamentos a construtora no montante de R$ 477 mil.

A ponte sobre o riacho do vaqueiro desabou no dia 01 de janeiro de 2016.

Mais conteúdo sobre: