FEITOSA COSTA

Prefeito Firmino Filho trata sobrinho como 'inimigo político'

17/04/2019 07h07 - atualizado 07h11

O deputado estadual Firmino Paulo, que se filiou ao Progressistas ainda no ano passado para se candidatar à reeleição, é filho de uma irmã do prefeito Firmino Filho, mas tem sido tratado como “inimigo político” do grupo que o tio comanda.

Desde a campanha do ano passado, quando foi lançada a candidatura de Lucy Soares, mulher do prefeito de Teresina, aliados de Firmino Paulo foram demitidos de cargos na prefeitura e até seu chefe de gabinete na Assembleia Legislativa foi obrigado a abandonar o cargo para apoiar a primeira-dama do município na sua campanha para a Assembleia. Em busca de espaços, Paulo procurou e conversou com Wellington Dias.

  • Foto: GP1Firmino Filho e Firmino PauloFirmino Filho e Firmino Paulo

Esta informação, comentada nos bastidores, foi confirmada no início da tarde desta terça-feira (16) por amigos muito próximos de Firmino Paulo em conversa com este repórter, pedindo omissão de seus nomes em provável noticiário, ao explicarem o encontro do deputado com Wellington Dias.

EXCLUSIVAS

Nada na prefeitura

Firmino Paulo “não tem mais nada na Prefeitura de Teresina”, afirmam seus amigos, revoltados com a atitude do tio do deputado estadual.

Todos em campo

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Deputada Lucy SoaresDeputada Lucy Soares

Amigos de Firmino lembram o sufoco em que sua candidatura à reeleição ficou depois do lançamento do nome de Lucy Soares. “Todos caíram em campo, seus pais, seus tios paternos e seus amigos”.

Jogo pesado

Os mesmos amigos de Firmino Paulo contam que o jogo do grupo comandado pelo prefeito contra a candidatura do filho de Sabino Paulo foi pesado: “vereadores, secretários, lideranças de bairro que haviam apoiado Paulo em 2014, foram obrigados a apoiar a candidatura da primeira-dama”.

Perderam o emprego

Consta que aquelas lideranças que resistiram à pressão para apoiar Lucy Soares foram demitidas de cargos que ocupavam na Prefeitura de Teresina.

Colega defende Joninha

  • Foto: Lucas Dias/GP1Vereador JoninhaVereador Joninha

Secretário da Juventude desde o início da administração de Firmino Filho (a quarta), o vereador Zé Filho saiu em defesa do colega Joninha, dizendo não acreditar que ele seja espião do Palácio da Cidade.

Prefere a Hilux

Enquanto Zé Filho defende Joninha, no Planalto Ininga aumenta cada vez mais o número de eleitores que não querem mais apoiá-lo, alegando que ele simplesmente sumiu do bairro depois que se elegeu e comprou uma Hilux vinho de última geração.

Vai ser candidato

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Georgiano NetoGeorgiano Neto

Tudo indica que Georgiano Neto, deputado estadual e filho do deputado federal Júlio Cesar, será mesmo candidato a prefeito de Teresina pelo PSD.

Formando um grupo

Georgiano está formando um interessante grupo de lideranças municipais. Com ele já estão os vereadores Ananias Carvalho e Cida Santiago, além de Antônio José Lira, que não se elegeu porque sua coligação não fez a legenda, mas tem o mesmo peso de um vereador.

O destino do capitão

  • Foto: DivulgaçãoCamilla Abreu e capitão Allisson WattsonCamilla Abreu e capitão Allisson Wattson

A 1ª Câmara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Piauí julga, hoje, recurso em sentido estrito apresentado pelo advogado Pitágoras Veloso, que visa anular a sentença de pronúncia da juíza Maria Zilnar Coutinho, da 2ª Vara Criminal, que mandou a Júri Popular o ex-capitão PM Allisson Wattson da Silva Nascimento, apontado como matador da estudante Camilla Abreu, em outubro de 2017.

Jogou para a plateia

  • Foto: Lucas Dias/GP1Franzé SilvaFranzé Silva

O deputado Franzé Silva disse, ontem, na tribuna da Assembleia, que não vai aceitar que a oposição fique jogando para a plateia, responsabilizando o governador Wellington Dias por tudo de ruim que aparecer no estado.

Franzé disse isso depois de um pronunciamento da deputada Teresa Britto.