Piauí

"A Equatorial debocha de todos nós", diz ex-secretário Silvio Leite

Sílvio disse que o presidente da distribuidora Nonato Castro mentiu durante entrevista à imprensa ao destacar que a atendente virtual da distribuidora consegue atender às reclamações do público.

Andressa Martins
Teresina
27/02/2020 14h41 - atualizado 15h55

O ex-secretário estadual de Turismo e empresário Sílvio Leite, criticou duramente a Equatorial Piauí no fim da noite de quarta-feira (16) em suas redes sociais. Sílvio disse que o presidente da distribuidora Nonato Castro mentiu durante entrevista à imprensa ao destacar que a atendente virtual da distribuidora consegue atender às reclamações do público.

“A Equatorial debocha de todos nós, para a Equatorial somos todos idiotas. Além da falta de energia generalizada, as altas e baixas de tensão provocando queima de aparelhos eletrônicos, a inexistência de um canal de comunicação dos consumidores, pois estes dias o presidente estava nas TV’s locais mentindo e enganando e em mais uma demonstração de que a Equatorial trata todos nós como idiotas, prega um mar de rosa. Elogia um canal de comunicação de uma atendente virtual de nome Clara. Será que ele ou algum diretor já tentaram usar este canal? Diariamente chove reclamações e protestos de comunidades inteiras reclamando da falta prolongada de energia...É uma lástima”, escreveu.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Silvio Leite Silvio Leite

Silvio Leite disse ainda que as atendentes da Equatorial “são rainhas encasteladas” que “levam um diálogo de desrespeito e deboche”. O empresário também contou que uma das suas contas de energia veio com valor muito superior, chegando a R$ 1.686,63, a vencer no dia 03.01. Por este motivo o empresário questionou a Equatorial e segue aguardando um posicionamento.

Na ocasião, Sílvio pediu para que as quatro Unidades Consumidoras em seu nome fossem colocadas em débito automático. Mesmo assim, apenas uma das faturas foi cadastrada em débito automático e as outras três seguem sem ser enviadas fisicamente ou pela internet. Além da fatura reclamada, o ex-secretário recebeu três cobranças, uma com vencimento no dia 03.02, de R$ 588,56, outra com vencimento no dia 19.02 de R$ 209,86 e outra fatura.

“Sobre a fatura do dia 19.02 mesmo mostrando o comprovante de pagamento em prol da Equatorial e que como é débito automático cita a UC [Unidade Consumidora] a atendente afirmou mais de uma vez que a Equatorial não tinha conhecimento pois os pagamentos efetuados na rede bancária ‘levam dias para aparecerem no sistema’. Isto mesmo que ela afirmou mostrando inclusive a minha tela no sistema”, continuou.

Confira a publicação na íntegra:

A EQUATORIAL DEBOCHA DOS PIAUIENSES. SOMOS TODOS IDIOTAS! Isto mesmo, a Equatorial debocha de todos nós, para a...

Posted by Silvio Leite on Wednesday, February 26, 2020

Outro lado

Procurada pelo GP1, a Equatorial Piauí, por meio de sua assessoria de comunicação, enviou uma nota de esclarecimento, afirmando que está analisando o caso apontado pelo referido cliente, para tomar as devidas providências.

Leia a nota na íntegra:

A Equatorial Piauí tem atuado sempre pautada pelo compromisso de atender as demandas dos clientes com qualidade. De forma continuada, a Empresa tem trabalhado para que essa assistência seja cada vez mais eficaz, tratando os registros de reclamações que chegam à Distribuidora de acordo com o modelo regulatório.

No caso pontual apontado pelo cliente, a Empresa já está analisando e entrará em contato sobre as providências cabíveis.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Equatorial Piauí demite mais de mil funcionários e compromete atendimento

Empresário registra B.O. contra Equatorial Piauí após 48h sem energia

Mais conteúdo sobre: