Floriano - PI

Acusada de matar pai e filho em Floriano confessa crime no Facebook

“Ela esclarece toda a motivação do crime, que é exatamente o que a polícia já tinha descoberto por meio das investigações preliminares", informou o delegado Bruno Oliveira.

Laura Moura
Teresina
15/05/2018 14h10 - atualizado 14h45

Uma das acusadas executar Fabrício da Costa Reis e seu filho Douglas Ribeiro da Silva, durante uma troca de tiros na PI-140, no município de Floriano, fez uma publicação em sua rede social confessando o crime. A postagem foi feita no último domingo (13).

  • Foto: FacebookPublicação feita pela acusadaPublicação feita pela acusada

Na publicação, Francinéia reafirma que o motivo foi vingança: “você não ter um pai na terra para te dar o que precisa para te defender, eu sofro até hoje pela perda do meu pai e todos os meus irmãos sentem o mesmo. Eu não me arrependo não, porque só Deus, minha mãe e meus irmãos sabem o sofrimento que passamos... Passamos por muitas coisas depois que aquele desgraçado matou o meu pai”, revelou.

  • Foto: FacebookA acusada confessa o crimeA acusada confessa o crime

Conforme o delegado Bruno Oliveira, da Delegacia de Polícia Civil de Floriano, a mulher chegou a esclarecer alguns pontos que estavam sendo investigados. “Ela esclarece toda a motivação do crime, que é exatamente o que a polícia já tinha descoberto por meio das investigações preliminares. A Francinéia até explica que o Douglas foi o responsável por efetuar os disparos de arma de fogo durante a troca de tiros e agradece a Deus por ter conseguido atirar primeiro”, informou.

Entenda o caso

Dois homens, identificados como Fabrício da Costa Reis, de 37 anos e Douglas Ribeiro da Silva, de 18 anos, foram assassinados a tiros no final da manhã de sexta-feira (11), na PI-140, na cidade de Floriano. As vítimas eram pai e filho.

MAIS NA WEB