Brasília - DF

Acusado de assassinar desafeto em Teresina é preso em Brasília

As investigações foram executadas pelos policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP, através do delegado Jarbas Lima.

Brunno Suênio
Teresina
13/06/2019 12h32

Um homem identificado como Francisco Wanderson da Silva, vulgo “Nem”, foi preso em Brasília-DF, acusado de participar da morte de Francisco das Chagas Alves da Silva, vulgo “Silvano”, no dia 24 de agosto de 2014, no bairro Jardim Europa, zona sudeste de Teresina.

As investigações foram executadas pelos policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP, através do delegado Jarbas Lima.

  • Foto: Divulgação/PC-DFFrancisco foi preso em BrasíliaFrancisco foi preso em Brasília

Após vários levantamentos, os investigadores conseguiram identificar que “Nem” estava residindo em Brasília e mantiveram contato com o delegado Marcelo Portela, da Polícia Civil do Distrito Federal que, juntamente com sua equipe, conseguiu efetuar a prisão do acusado. As investigações apontaram que a execução foi motivada por acerto de contas em virtude do tráfico de entorpecentes.

Contra ele pesa ainda a acusação de outro homicídio cometido em setembro de 2014, quando ele matou uma pessoa por engano.

O crime

Francisco Wanderson estava na casa de José Carlos, onde a vítima também se encontrava, na noite do dia 24 de agosto de 2014, quando os dois efetuaram disparos contra Silvano, que saiu correndo do imóvel e foi perseguido pela dupla. Depois de alcançá-lo, Francisco Anderson e José Carlos efetuaram mais cinco tiros, que atingiram Silvano, o último deles no olho esquerdo, para finalizar a execução.

NOTÍCIA RELACIONADA

Acusado de matar homem por engano em Teresina é preso no DF

Mais conteúdo sobre: