Paulistana - PI

Acusado de estuprar filha e sobrinha é encontrado morto em Paulistana

De acordo com a Polícia Militar, as duas vítimas têm apenas seis anos de idade.

Davi Fernandes
Teresina
28/06/2020 18h04 - atualizado 18h58

Um pedreiro identificado pelas iniciais J. S. P, 35 anos, preso acusado de estuprar sua filha e sua sobrinha, ambas de apenas seis anos, foi encontrado morto dentro de uma cela da 12ª Delegacia Regional de Paulistana neste sábado (27).

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi preso quando a Força Tática foi acionada via Copom para verificar uma situação de abuso sexual contra duas crianças na cidade de Paulistana. As informações apontavam que o suspeito seria o próprio pai de uma das crianças, e tio da outra, sendo que o abuso sexual ocorria no período de guarda judicial, quando o acusado ficava com as crianças.

A equipe da PM realizou algumas diligências e localizou o suspeito no centro da cidade, que foi conduzido até a 12ª Delegacia Regional de Policia Civil para os procedimentos cabíveis. As vítimas foram acompanhadas pelo Conselho Tutelar e por um irmão do suspeito.

Ainda segundo a PM, após realizar o procedimento com as vítimas no Hospital Regional de Paulistana, a equipe retornou até a delegacia para fazer o exame de corpo de delito do suspeito, e se deparou com ele sem vida em uma das celas da delegacia.

Com ocorrido, o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para proceder com a perícia do local e fazer a remoção do corpo, que foi encaminhado para a cidade de Floriano.