Paulistana - PI

Acusado de estupro cava buraco e foge de Delegacia em Paulistana

O preso conseguiu fugir por conta da precariedade da estrutura da delegacia.

Laura Moura
Teresina
01/09/2018 12h17 - atualizado 12h17

Na madrugada desta sexta-feira (31), um homem identificado como Edgleuson do Nascimento, de 23 anos, acusado de praticar um estupro no município de Paulistana, fugiu da Delegacia após cavar um buraco na cela onde se encontrava preso.

Um agente de Polícia Civil da Delegacia de Paulistana, que não quis se identificar, informou ao GP1 que devido a precariedade da estrutura, o preso conseguiu fugir rapidamente. “A delegacia não tem estrutura para segurar os presos porque as paredes são do ano de 1970. A estrutura é muito fraca e aí ele se aproveitou disso e cavou um buraco na parte alta da cela”, relatou.

No momento, ninguém se encontra preso na delegacia por conta deste problema. Os policiais continuam em diligências para capturar o fugitivo.

Entenda o caso

Um homem identificado como Edgleuson do Nascimento, de 23 anos, foi preso acusado de estuprar uma mulher de 37 anos na frente de uma criança em uma residência situada em Paulistana. A captura do indivíduo ocorreu no dia 23 de agosto.

O delegado Cícero de Oliveira informou que o acusado estava armado com um facão e permaneceu na casa por duas horas. Após cometer o crime, o indivíduo empreendeu fuga. Ele foi encontrado na casa de familiares.