Brasília - DF

Acusado de matar homem por engano em Teresina é preso no DF

De acordo com o delegado Jarbas Lima, após investigações, os policiais do DHPP descobriram que José Carlos estava em Brasília, trabalhando em um estacionamento na Asa Sul.

Brunno Suênio
Teresina
11/07/2018 17h55 - atualizado 17h55

Os policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP prenderam, nessa terça-feira (10), um homem identificado como José Carlos da Silva, vulgo Negão do São Pedro, acusado de assassinar duas pessoas nos meses de agosto e setembro do ano de 2014, uma delas, inclusive, foi morta por engano.

De acordo com o delegado Jarbas Lima, após investigações, os policiais do DHPP descobriram que José Carlos estava em Brasília, trabalhando em um estacionamento na Asa Sul. Ele estava morando em Brasília há pelo menos três anos.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Delegado Jarbas LimaDelegado Jarbas Lima

Em posse dessas informações, uma equipe da Divisão de Capturas da Polícia Civil do Distrito Federal realizou sua prisão na segunda-feira (09), em seu local de trabalho. Em seguida, ele foi recambiado para o Piauí.

Os crimes

Contra ele pesa a acusação do assassinar Francisco das Chagas Alves da Silva, vulgo Silvano, no dia 24/08/2014 com cinco tiros no Jardim Europa. A polícia suspeita que o crime foi motivado por dívidas relacionadas ao tráfico de entorpecentes.

No segundo homicídio, segundo o DHPP, José Carlos estava perseguindo um homem identificado como Fernando da Paz, no Assentamento Santana Nossa Esperança, que se refugiou no quintal da casa de um amigo, identificado como Ariranha. Este, por sua vez, quando abriu a porta de sua residência foi surpreendido por José Carlos, que efetuou vários tiros em Ariranha, acreditando se tratar de Fernando.

Ainda de acordo com Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa contra José Carlos existe ainda um mandado de prisão em aberto pela prática de homicídio, cometido na área do 3º DP.

Mais conteúdo sobre: