Teresina - PI

Acusado envolvimento na morte do cabo Claudemir morre após ser baleado

Ele foi baleado em agosto de 2019, no Parque Piauí e teve diversas complicações, vindo a óbito na noite de ontem.

Nayrana Meireles
Teresina
07/02/2020 11h22 - atualizado 11h54

Igor Andrade Sousa, 23 anos, acusado de envolvimento da morte do cabo Claudemir, morreu na noite desta quinta-feira (06), após ser alvejado com dois tiros. Ele foi baleado em agosto de 2019, no Parque Piauí e teve diversas complicações, vindo a óbito na noite de ontem.

Igor estava em um bar, no dia 2 de agosto de 2019, no bairro Parque Piauí, quando foi alvejado por dois tiros, um no braço e outro nas costas. Ele foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), passou por cirurgia, mas ficou com complicações, que cuminaram com sua morte.

  • Foto: Divulgação/PC-PIIgor Andrade de SousaIgor Andrade de Sousa

O julgamento de Igor Andrade já havia sido adiado várias vezes. A alegação da defesa era o estado de saúde do acusado, que estava bastante debilitado. O julgamento dele estava marcado para março deste ano.

Igor Andrade era acusado de homicídio qualificado, associação criminosa, roubo circunstanciado, porte ilegal de arma de fogo e adulteração de sinal de veículo automotor.

Morte do cabo Claudemir

O cabo Claudemir Sousa, 33 anos, foi morto no dia 6 de dezembro de 2016. Ele estava saindo de uma academia no bairro Saci, zona sul de Teresina e quando estava subindo em sua motocicleta foi surpreendido por criminosos em um veículo, que atiraram contra ele.

  • Foto: Facebook/Claudemir SousaCabo Claudemir foi morto em dezembro de 2016Cabo Claudemir foi morto em dezembro de 2016

Igor Andrade é acusado de fornecer armas e carro utilizado no assassinato do cabo Claudemir. Ele respondia em liberdade e usava tornozeleira eletrônica.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Júri de envolvido na morte do cabo Claudemir é adiado pela 4ª vez

Acusado de matar cabo Claudemir é alvejado com dois tiros em Teresina