Paulistana - PI

Adolescente é ameaçada por ex-namorado para abortar em Paulistana

Durante a ação policial, três pessoas foram presas por induzimento ao aborto. A adolescente, após ser submetida ao procedimento, teve que ser encaminhada ao Hospital Regional de Picos.

Laura Moura
Teresina
16/05/2018 08h53 - atualizado 08h56

Três pessoas, identificadas como Vilma Inocência Ribeiro, Jéssica Rita da Conceição e Cleiton Rodrigues de Oliveira, foram presas nesta terça-feira (15), acusadas de tentarem obrigar uma adolescente grávida a fazer um aborto em Paulistana, município que fica a 450 km de Teresina.

Conforme o comandante do 20º Batalhão da Polícia Militar, major Felipe, a menor, identificada pelas iniciais V.E.X. de S., estava sofrendo ameaças de morte por parte do ex-namorado para que a jovem fizesse o procedimento.

Durante a prisão dos três indivíduos, em que um deles trata-se de uma técnica de enfermagem, foram apreendidos materiais e ferramentas que, supostamente, seriam utilizadas pelos acusados para a prática do induzimento. O comandante informou também que a adolescente foi submetida ao procedimento e que sofreu ferimentos graves, tendo que ser encaminhada ao Hospital Regional de Picos.

Após o cumprimento dos mandados de prisões, as três pessoas, juntamente com todo o material apreendido, foram encaminhadas para a 12º Delegacia Regional de Polícia Civil do Piauí.

MAIS NA WEB