Política

Alepi derruba vetos e aprova aumento salarial para servidores

A Assembleia Legislativa já havia derrubado o veto do Governo sobre reajuste dos servidores do Tribunal de Justiça do Piauí. A promulgação da Lei já foi publicada no Diário Oficial do Estado.

Wanessa Gommes
Teresina
06/06/2018 14h23 - atualizado 14h26

A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) derrubou, na sessão plenária desta quarta-feira (06), dois vetos do governador Wellington Dias que negavam aumentos salariais de 6,81% para os professores de educação básica e de 3,95% para servidores da Secretaria de Educação, policiais militares, bombeiros militares, policiais civis, agentes penitenciários e procuradores do Estado.

Dos 23 deputados presentes, 16 votaram contra o veto, cinco votaram em branco e apenas dois votaram favoráveis ao veto. Com a derrubada dos vetos, ficam garantidos os aumentos aos servidores.

  • Foto: Lucas Dias/GP1AlepiAlepi

Wellington Dias justificou os vetos afirmando que as mensagens são inconstitucionais devido ao período eleitoral, mas, segundo o deputado Fábio Novo, os servidores devem receber os reajustes porque a inflação fez com que seus salários ficassem defasados.

Servidores do TJ

No mês de maio, o governador enviou à Assembleia Legislativa mensagem de veto ao Projeto de Lei que reajusta em 4,5% os subsídios dos servidores efetivos, inativos e os valores de gratificações de cargos em comissões e de funções de confiança dos servidores do Poder Judiciário.

No entanto, a Alepi também derrubou o veto e aprovou o reajuste. A promulgação da Lei foi assinada pelo presidente da Casa, deputado Themístocles Filho, e publicada no Diário Oficial do Estado, de 30 de maio.