Teresina - PI

Ambulâncias do Samu estão funcionando sem ar-condicionado, diz Senatepi

Segundo a assessoria da FMS, houve um problema pontual na última terça-feira (06) em duas ambulâncias, mas estas já foram encaminhadas para a oficina. 

Fábio Wellington
Teresina
07/10/2020 19h03 - atualizado 08/10/2020 17h59

O Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Estado do Piauí (Senatepi) denunciou nessa quarta-feira (07), que as ambulâncias básicas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu de Teresina, estão funcionando sem ar-condicionado. Técnicos em enfermagem relataram aos fiscais do sindicato que já chegaram a passar mal durante os atendimentos por conta do calor.

Segundo o presidente da instituição, Erick Riccely, o problema está acontecendo porque a empresa contratada para fazer a manutenção dos equipamentos não estaria realizando o serviço por falta de pagamento da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

“Ter o aparelho nos veículos não é luxo e sim uma necessidade em uma cidade com temperaturas tão elevadas como é Teresina. Estamos falando de uma cidade com temperaturas que passam dos 40°C. A falta do aparelho prejudica o paciente e os servidores", ressalta Erick Riccely.

Ainda de acordo com o sindicato, caso o problema não seja resolvido, os profissionais avaliam parar de trabalhar, já que existe uma diferença de tratamento entre as categorias profissionais.

"Quando ocorre algum problema com uma ambulância avançada, que tem a presença de um médico, o veículo é prontamente retirado de circulação. Já as unidades móveis básicas ficam funcionando e os técnicos em enfermagem são coagidos a trabalhar mesmo sem as condições necessárias. Isso é revoltante”, diz o sindicalista.

Outro lado

A assessoria da FMS informou ao GP1 que a denúncia não procede. Segundo a assessoria, houve um problema pontual na última terça-feira (06) em duas ambulâncias, mas estas já foram encaminhadas para a oficina.

Confira na íntegra a nota da FMS

A Fundação Municipal de Saúde esclarece que não procede a informação de que as ambulâncias do SAMU estão funcionando sem ar condicionado. Houve um problema pontual na última terça-feira(06) em duas ambulâncias, que já foram encaminhadas para a oficina. Uma delas foi entregue hoje quarta-feira (07) já com os devidos reparos e, na outra, o serviço será concluído amanhã (08). Nesta quinta-feira outras duas ambulâncias irão passar por reparos no serviço de ar refrigerado.

A direção da FMS ressalta ainda que a manutenção dos carros do SAMU é feita diariamente já que as viaturas prestam serviço à população todos os dias da semana. A frota do SAMU Teresina conta atualmente com 11 ambulâncias, sendo seis de suporte avançado, além de quatro motolâncias.