Economia e Negócios

ANP aprova nova regulamentação para queima de gás

O gás natural ganhou relevância com a descoberta de grandes reservatórios no pré-sal e com o lançamento de um programa de estímulo ao combustível pelo governo federal.

Por  Estadão Conteúdo
16/01/2020 18h29

Na tentativa de expandir o aproveitamento do gás natural produzido no Brasil, a diretoria da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira, 16, mudanças nas regras de queima de gás. Nova resolução vai tratar da implantação de ferramentas de inibição do desperdício e de procedimentos de fiscalização que ainda não foram regulamentados.

O gás natural ganhou relevância com a descoberta de grandes reservatórios no pré-sal e com o lançamento de um programa de estímulo ao combustível pelo governo federal.

"A revisão reforça o trabalho da ANP no aprimoramento dos seus mecanismos regulatórios sobre o controle da queima de gás natural, considerando os avanços tecnológicos ocorridos, a mudança no cenário da produção do Brasil, principalmente em decorrência das jazidas do Pré-sal, e a valorização do gás natural como recurso energético, no mundo e no Brasil, em especial, como fonte para termelétricas", informa a agência em nota.

Mais conteúdo sobre: