Polícia

Após rebelião, Governo do Piauí convoca policiamento extra no CEM

Secretaria de Segurança informou que comprará a folga de policiais que se dispuserem a trabalhar.

Jeyson Moraes
Teresina
13/08/2019 16h15 - atualizado 16h15

No último domingo (11), adolescentes realizaram uma rebelião no Centro Educacional Masculino (CEM), que fica na zona norte de Teresina. Na ocasião, os menores atearam fogo em colchões e destruíram parte da estrutura do centro.

Cerca de 45 internos foram transferidos e cinco alas isoladas. Por causa disso, o Governo do Piauí informou que o policiamento em três unidades socioeducativas deve ser reforçado.

  • Foto: DivulgaçãoRebelião no CEMRebelião no CEM

Para o policiamento extra, a Secretaria de Segurança informou que comprará a folga de policiais que se dispuserem a trabalhar. Eles serão distribuídos no Centro Educacional Masculino (CEM), Centro Educacional de Internação Provisória (CEIP) e no Complexo de Defesa da Cidadania (CDC).

Os internos transferidos devem ser trazidos para o centro gradativamente após a recuperação da estrutura do prédio.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Adolescentes ateiam fogo em colchões durante rebelião no CEM em Teresina

Juíza Elfrida Belleza determina transferência de 47 internos do CEM

Mais conteúdo sobre: