Teresina - PI

Assaltante de banco é preso em ação da PM na zona leste de Teresina

Segundo o secretário de Segurança, Fábio Abreu, Rafael “Perneta” confessou que participou da ação criminosa no banco Bradesco da cidade de Altos.

BRUNNO SUÊNIO
DE TERESINA
08/02/2018 08h53 - atualizado 12h06

Assaltante de banco é preso em ação da PM em Teresina

A Polícia Militar, através do Batalhão de Ronda Ostensivas de Naturezas Especiais (BPRone) prendeu um assaltante de banco identificado como Rafael Ribeiro de Lima, mais conhecido como Rafael “Perneta” na noite dessa quarta-feira (07), no Vale do Gavião, zona leste de Teresina. Na ocasião, foram apreendidos aproximadamente R$ 25 mil com lacres do Banco Central.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do Estado do Piauí, Fábio Abreu, os policiais faziam rondas na região do Vale do Gavião, na Vila quando perceberem homens em atitude suspeita em uma residência. Ao adentrar no local, a PM encontrou Rafael “Perneta”, acusado de realizar diversos assaltos a instituições financeiras no Piauí. Contra ele já havia um mandado de prisão em aberto.

“Parte dos indivíduos que estava na residência conseguiu se evadir, mas o Rafael foi dominado. Lá foram localizados equipamentos normalmente utilizados para arrebentar caixas eletrônicos, como furadeira, lanças e outros instrumentos usados em arrombamentos de bancos. Com ele também foram apreendidos dois veículos, um desses, um Honda Civic, foi visto em Jaicós [onde houve uma ação simultânea contra o Banco do Brasil, Correios e uma agência lotérica da Caixa Econômica Federal]”, comentou.

Ainda segundo o secretário de Segurança, Rafael “Perneta” confessou que participou da ação criminosa no banco Bradesco da cidade de Altos. “A gente agora vai fazer o levantamento da quadrilha e identificar os demais. Nós conseguimos, além desses dois veículos, apreender mais cinco motos”, acrescentou.

Foi apreendidos ainda uma pistola, maçarico, compressor e um alicate de corte frio e uma pistola da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí. O material, juntamente com Rafael “Perneta”, foi encaminhado à sede do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).

MAIS NA WEB