Teresina - PI

Assis Carvalho diz que 2017 foi um ano de prejuízos para o País

“Foi um ano perdido e que estávamos orando para acabar. Foi um ano de grandes prejuízos para a classe trabalhadora, de enfrentamento", disse o petista.

Germana Chaves
Teresina
23/12/2017 17h36 - atualizado 17h37

O deputado federal pelo Piauí, Assis Carvalho (PT) fez um breve balanço das ações desenvolvidas por ele na Câmara Federal. Em termos gerais, ele acredita que 2017 foi um ano de grandes prejuízos para vários setores brasileiros, sobretudo, para a classe trabalhadora.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Assis CarvalhoAssis Carvalho

“Foi um ano perdido e que estávamos orando para acabar. Foi um ano de grandes prejuízos para a classe trabalhadora, de enfrentamento, por exemplo, não permitimos que a Reforma da Previdência entrasse em pauta. Nesse trabalho eu tive papel fundamental para que isso não acontecesse. Ainda tivemos a infelicidade da aprovação da Reforma Trabalhista, da terceirização, da PEC do limite de gastos, enfim uma série de contratempos sentido por todos nós”, lamentou o deputado federal.

Do ponto de vista legislativo, Assis Carvalho disse que foi produtivo. “Agora do ponto de vista do meu papel para o Piauí conseguimos viabilizar através de emendas impositivas, mais de R$ 100 milhões para a saúde. Essa foi uma luta minha e do deputado Marcelo Castro. Tinha uma divisão na bancada que defendia que esse valor fosse para duplicação das BRs, que também é uma necessidade, mas como eu sabia que o projeto não sairia defendemos a saúde, que aliás, é mais urgente. Ainda teve mais R$ 8 milhões para a maternidade, onde faremos uma visita em breve. Essas foram conquistas do nosso mandato parlamentar”, disse o parlamentar.

Mais conteúdo sobre: