Política

Assis Carvalho diz que Gil Carlos não quer disputar o Senado

"Na verdade, não sei de onde nasceu isso. Acredito que tenha sido em uma conversa de mesa de bar até porque não há esse sentimento no PT", ironizou Carvalho.

Germana Chaves
Teresina
25/12/2017 18h57 - atualizado 26/12/2017 09h19

O presidente do PT piauiense, o deputado federal Assis Carvalho, disse que estranhou a informação de que o dirigente da APPM, o prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos (PT) pretendia pleitear a vaga de senador na chapa que será encabeçada pelo governador Wellington Dias (PT) em 2018. Assis esclareceu que depois que a notícia começou a circular, ele esteve com o prefeito que na oportunidade, teria negado diálogo sobre o assunto.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Assis Carvalho Assis Carvalho

“Achei estranho porque essa pauta, se quer, foi discutida com ninguém. Estive com o Gil Carlos em Picos e ele me disse que não tinha esse sentimento. Na verdade, não sei de onde nasceu isso. Acredito que tenha sido em uma conversa de mesa de bar até porque não há esse sentimento no PT. Várias lideranças do partido estranharam”, afirmou Assis que defende a reeleição da senadora Regina Sousa no próximo ano.

Durante entrevista ao GP1, o vereador de Teresina Dudu Borges (PT), informou que esteve reunido, juntamente com Gil Carlos, empresários e outras lideranças, para discutir uma possível candidatura do prefeito ao cargo de senador. De acordo com Dudu à época, o encontro teria ocorrido em um restaurante da zona leste da Capital.