Teresina - PI

Assis Carvalho diz que PT não precisa de pauta que divida a sigla

"Penso que não há pressa em escolher a candidatura sem antes construir um bom diálogo interno. O Partido está unido e não precisamos criar pauta que nos dividam", declarou o deputado.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
30/10/2019 18h22 - atualizado 18h22

Em entrevista exclusiva ao GP1 na manhã desta quarta-feira (30), o deputado federal Assis Carvalho (PT) concordou com a governadora em exercício Regina Sousa (PT) de que não há a necessidade de escolher logo o candidato a prefeito pela sigla em 2020.

Regina disse que o nome escolhido para a disputa vai ser “massacrado”. Assis, no entanto, não concorda com o termo, mas acredita que a sigla não precisa de pautas que a divida.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Assis CarvalhoAssis Carvalho

“Fora a palavra massacrado, penso que não há pressa em escolher a candidatura sem antes construir um bom diálogo interno. O partido está unido e não precisamos criar pauta que nos dividam. Mas longe de pensar em partido massacrado”, afirmou.

Questionado se a escolha poderia ser deixada para o próximo ano, Assis disse não precisa nem urgência e nem adiamento. “Não precisa tem a urgência que alguns pregam e nem um adiamento tão longo. As coisas estão acontecendo com naturalidade”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Regina Sousa é contra definição antecipada de candidato do PT

Wellington e Regina Sousa divergem sobre destino do PT em Teresina

“Quem não deve não teme”, dispara Dudu contra argumento de Regina

Mais conteúdo sobre: