Miguel Alves - PI

Bandido e namorada morrem em confronto com a polícia em Miguel Alves

O criminoso conhecido como Haroldo Pereira de Araújo é suspeito de participação em vários assassinatos e por comandar um grupo criminoso na região.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
05/09/2020 10h22 - atualizado 13h54

O criminoso conhecido como Haroldo Pereira de Araújo e a sua companheira morreram na madrugada deste sábado (05) durante uma troca de tiros em uma operação do Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais na localidade Buritiana, zona rural do município de Miguel Alves. Haroldo é suspeito de participação em vários assassinatos e por comandar um grupo criminoso no Piauí e também no Maranhão.

De acordo com o major Cleber Bezerra do BPRone, que comandou a operação, os policiais receberam uma ordem de missão para dar cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de Haroldo Pereira de Araújo. A guarnição montou um cerco no alto da serra, onde o suspeito estava e durante a abordagem ele reagiu e teve início à troca de tiros.

  • Foto: Divulgação/PM-PIArmas apreendidas pelo BPRoneArmas apreendidas pelo BPRone

“Ele resistiu à ordem de prisão no cumprimento do mandado e houve uma intensa troca de tiros. Isso foi por volta de 23h e se estendeu pela madrugada em cima de uma serra, em uma mata fechada e, infelizmente, aconteceu esse fato. Não era o que nós queríamos. Ele foi pego com duas pistolas, uma delas de fabricação turca, 9 mm, e uma pistola .40, da Polícia Militar”, explicou o major.

Com ele foram encontradas além das pistolas, uma motocicleta roubada e entorpecentes. “Há sete anos ele morava no meio do mato e atuava em Porto, Duque Bacelar, Coelho Neto, Lagoa Alegre, acusado de homicídio e assaltos. Ontem mesmo ele tinha cometido um roubo de um carro de som”, acrescentou.

Todo o material foi apreendido pela Polícia Militar e ficará à disposição da Justiça

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Chefão do Baixo Parnaíba atendeu pedido de 'piloto' e não executou idosa

Chefão do Baixo Parnaíba reaparece, faz um refém e assalta comércio

Chefão do Baixo Parnaíba usa colete e anda de moto em mata fechada

Chefão do Baixo Parnaíba é suspeito de interceptar ônibus e fazer arrastão