Teresina - PI

Bandido que assaltou ex-deputado Alexandre Almeida é condenado

A sentença da juíza de direito Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, foi dada no dia 19 de dezembro de 2018.

Wanessa Gommes
Teresina
10/01/2019 20h50 - atualizado 20h51

A juíza de direito Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, condenou Thiago Anderson Alves Rocha, vulgo pequi, a 7 anos de prisão por assaltar o ex-deputado estadual do Maranhão, Alexandre Almeida, e sua esposa, Mônica Lopes, filha do desembargador Erivan Lopes. A sentença foi dada no dia 19 de dezembro de 2018.

Segundo denúncia do Ministério Público do Estado, no dia 24 de fevereiro de 2009, Alexandre e Mônica foram assaltados por Thiago e outro comparsa, que não foi identificado, mediante uso de arma de fogo, próximo ao Ginásio Verdão, localizado no Centro de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Alexandre AlmeidaAlexandre Almeida

Os bandidos levaram uma carteira com diversos documentos pessoais e R$300,00, além da bolsa de Mônica, contendo também documentos pessoais e um aparelho celular Nokia.

Durante interrogatório, Thiago confessou a autoria delitiva, afirmando que não se recordava bem dos fatos, entretanto, lembrava que praticou o delito, contra as vítimas, nas proximidades do Verdão, utilizando-se de uma arma de fogo.

Thiago então foi condenado a 7 anos de reclusão e ao pagamento de 18 dias-multa na razão unitária de 1/30 do valor de um salário mínimo vigente à época dos fatos que deverá ser paga, no prazo de 10 dias, após o trânsito em julgado da sentença.