Teresina - PI

Bruno é afastado do Sorriso Maroto por tempo indeterminado

Ainda internado, o cantor Bruno Cardoso anunciou miocardite e se afastou do grupo Sorriso Maroto.

AMANDA KÁREN
DE TERESINA
29/03/2018 17h19 - atualizado 17h44

Nas redes sociais, o cantor Bruno Cardoso informou que além de estar se recuperando de uma pneumonia, ele deve permanecer em repouso absoluto, por conta do diagnóstico de uma miocardite. Como afastamento dos palcos, o vocalista do Sorriso Maroto teve a ideia de lançar o projeto #TodosCantamSorriso, no qual contará com a participação de “grandes amigos” durante sua ausência, como Dilsinho, Mumuzinho e Thiago Martins. Além deles, Thiaguinho, Péricles e a Turma do Pagode se prontificaram a assumir os vocais do grupo em algumas apresentações.

  • Foto: Instagram/@sorrisomarotoBruno CardosoBruno Cardoso

“A gente vai seguir na estrada com Sorriso, mas de uma forma diferente. Dessa vez, não poderei estar de corpo presente, mas a gente conta com grandes amigos pra ser a voz junto com vocês no Sorriso na minha ausência. Mumuzinho, Dilsinho e Thiago Martins serão as vozes do Sorriso durante esse período”, disse.

O vocalista agradece ainda “o carinho, a compreensão e as orações de todos” no momento que ele considera o mais “difícil, delicado e importante” da carreira da banda.

Confira o comunicado na íntegra:

  • Foto: Reprodução/InstagramPublicação do comunicado no instagramPublicação do comunicado no instagram

O primeiro nome a assumir o vocal do grupo é Thiago Martins, nos próximos dois shows.

Miocardite

É causada por uma infecção viral. Um caso grave pode enfraquecer o coração e causar insuficiência cardíaca, frequência cardíaca anormal e morte súbita. Os sintomas incluem dor no peito, batimentos cardíacos anormais e falta de ar.

O tratamento pode incluir medicamentos para regular o batimento cardíaco e melhorar a função cardíaca. Em casos raros, mas graves, um dispositivo pode ser necessário para auxiliar o funcionamento do coração.

Mais conteúdo sobre: