Teresina - PI

Câmeras devem identificar bando que roubou dinheiro de caminhada em Teresina

A polícia vai estabelecer a rota que os bandidos utilizaram, através de imagens de câmeras de segurança, do local da abordagem até onde o carro foi localizado.

Brunno Suênio
Teresina
13/06/2018 07h55 - atualizado 08h05

O delegado Ademar Canabrava, que preside as investigações sobre o roubo de parte do dinheiro arrecadado durante a 23ª Caminhada da Fraternidade, ocorrido na tarde dessa terça-feira (12), em frente à agência do Banco do Brasil, na Avenida Jóquei Clube, vai utilizar câmeras de segurança que ficam próximas ao local do crime na tentativa de identificar os suspeitos envolvidos na ação.

Ainda na tarde de ontem, a Polícia Civil recuperou o carro alugado pela paróquia, que havia sido levado pelos assaltantes. A recuperação do veículo, um Fiat Palio, foi importante, pois a polícia vai estabelecer a rota que os bandidos utilizaram, através de imagens de câmeras de segurança, do local da abordagem até onde o carro foi localizado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Delegado CanabravaDelegado Canabrava

“Nós localizamos o veículo na zona leste também, fizemos os primeiros levantamentos, o carro foi periciado e na manhã de hoje nós vamos pegar as câmeras de onde ocorreu o percurso do carro, do Banco do Brasil até o local aonde o veículo foi encontrado. A equipe de investigação do 12º DP já está trabalhando e nós estamos também no aguardo do resultado da identificação criminal, pois os caras me parecem que são profissionais. Eles pegaram o extintor do próprio veículo e usaram dentro do carro para eliminar qualquer tipo de impressão digital”, explicou.

O delegado afirmou ainda que não há informações sobre os suspeitos, mas garantiu que os envolvidos no assalto serão presos.

Entenda o caso

Por volta de 15h dessa terça-feira (12), bandidos armados renderam dois funcionários da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima, que estavam em um Fiat Palio, e roubaram parte do dinheiro arrecadado durante a 23ª Caminhada da Fraternidade, que ocorreu no último final de semana.

A abordagem ocorreu em frente à agência do Banco do Brasil, localizada na Avenida Jóquei Clube, na zona leste de Teresina. Na ação, eles entram no carro e ficaram com as vítimas durante pouco tempo, logo depois, os dois funcionários foram liberados. Apesar do susto, ninguém foi ferido.