Amarante - PI

Cantor é indiciado acusado de estuprar ex-mulher em Amarante

“Ele foi indiciado por dois crimes, no primeiro episódio por lesão corporal no âmbito do crime de violência doméstica contra a mulher e também foi indiciado por estupro" informou o delegado Otony.

Davi Fernandes
Teresina
12/03/2020 21h02 - atualizado 21h02

A Polícia Civil do Piauí concluiu nesta quinta-feira (12) o inquérito investigativo e indiciou o cantor Jefferson Pereira da Costa, 29 anos, acusado de estuprar a ex-mulher no dia 27 de janeiro deste ano no município de Amarante.

“Ele foi indiciado por dois crimes, no primeiro episódio por lesão corporal no âmbito do crime de violência doméstica contra a mulher e também foi indiciado por estupro. Já o segundo inquérito iniciou agora com o segundo crime de tentativa de feminicídio, que ele foi preso no início de março”, informou o delegado Otony Nogueira, da Polícia Civil de Amarante.

  • Foto: Reprodução/InstagramJefferson Pereira da CostaJefferson Pereira da Costa

Suspeito de tentar matar a ex-esposa

Jefferson foi preso no dia 03 de março acusado de tentar assassinar a ex-esposa a facadas em Amarante. De acordo com o cabo Giordano, da Força Tática da Polícia Militar de Regeneração, o suspeito invadiu a residência da ex-esposa e desferiu contra ela três golpes de faca.

"Esse homem havia agredido a sua companheira no dia 27 de janeiro e a teria estuprado quando ela voltava do trabalho, só que nessa vez ele não conseguiu ser capturado. E hoje ele invadiu a casa dela e deferiu três facadas, eles não estavam mais casados. Só não terminou de matar, pois populares conseguiram imobilizar ele com uma corda", informou.

Sequestro e estupro

As informações dão conta que a vítima se dirigia ao seu trabalho quando foi abordada pelo suspeito, que, em posse de uma arma branca a ameaçou e em seguida cometeu o crime, após levá-la para um local isolado.

“O que foi apurado é que ela se deslocava ainda cedo para seu trabalho, ele a levou para um local isolado e praticou o estupro. A Polícia Civil fez o atendimento da vítima, encaminhou o caso para o Instituto de Medicina Legal em Teresina, para serem feitos o exame de corpo de delito e de conjunção carnal”, destacou o degelado Dyego Pascoal.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia busca suspeito de estuprar ex-mulher em Amarante

Cantor acusado de estuprar e esfaquear ex-esposa é preso em Amarante

Mais conteúdo sobre: