Teresina - PI

Carmelina Moura toma posse como procuradora geral de Justiça

A solenidade aconteceu no Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT). A nomeação de Carmelina Moura aconteceu no dia 19 de junho.

Davi Fernandes
Teresina
Victória Xavier
Teresina
12/07/2019 20h49 - atualizado 21h19

Carmelina Moura toma posse como Procuradora Geral

A promotora Carmelina Maria Mendes de Moura tomou posse, na noite desta sexta-feira (12), como procuradora geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí. A nova procuradora ficou em primeiro lugar na votação que ocorreu no dia 13 de junho cujo objetivo era a formação da lista tríplice. A solenidade aconteceu no auditório do Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT), na zona leste de Teresina.

Segundo Carmelina Moura, uma das principais metas como procuradora será buscar soluções de demandas na instituição. “É um momento de muita emoção, de muita alegria e almejamos fazer uma gestão de excelência para a sociedade piauiense. Estou muito honrada e vindo de uma trajetória de muita dedicação e muito esforço tanto no interior do estado, quanto na Capital, visitando os colegas e também com o apoio dos membros da instituição. Eu sou muito grata e muito honrada pela confiança do nosso governador. Uma das principais metas é trabalhar com a justiça resolutiva por meio dos núcleos de alta composição e que nós buscaremos soluções das demandas por meios de instrumentos de autocomposição, buscando a pacificação social”, destacou a procuradora Carmelina.

Anteriormente, o cargo era ocupado por Cleandro Alves de Moura, que falou sobre os principais objetivos alcançados durante sua gestão. "Creio que temos constituído um grande progresso para o Ministério Público. Foram implementados dados de gestão que implicaram em uma revolução dentro do Ministério Público, inaugurei mais de 25 sedes, foram vários investimentos, mais de R$ 10 milhões em T.I e a nomeação de mais de 420 servidores, então, isso implica muito. Hoje o MP está atuante, progressista e com o membro servidor pronto para as demandas sociais. Para Carmelina, nós desejamos que continue os avanços, muitas sementes foram plantadas e os frutos serão colhidos, então tenho certeza que ela saberá investir mais e valorar nossa instituição”, pontuou.

O governador Wellington Dias (PT), que nomeou Carmelina destacou que a nova procuradora possui uma história de eficiência e muita dedicação. “O Ministério Público é uma entidade que tem uma respeitabilidade muito grande no Piauí, colocando o estado naquilo que é uma essência para o judiciário que é a confiança. Para mim não foi fácil ter que escolher em uma lista tríplice, mas fiz a escolha pela procuradora Carmelina, pessoa que tem uma história de trabalho com muita eficiência, com muita dedicação, tanto que foi a mais votada de lista e acho que quem ganha com a Carmelina é o estado do Piauí”, elencou.

A vice-governadora do Piauí, Regina Sousa (PT), disse que Carmelina está assumindo em um momento conturbado e que mostra o empoderamento das mulheres. “Carmelina está assumindo em um momento conturbado, em que todo mundo é desafiado pelo momento de crise nas instituições, então espero que ela seja bem-sucedida. Por ela ser mulher que acho importante, as mulheres estão ocupando mais espaços, é uma luta de todas nós e o empoderamento feminino aos poucos vai acontecendo”, destacou.

Biografia

Carmelina Maria Mendes de Moura é piauiense, natural de Teresina. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Piauí-UFPI e Especialista em Direito Processual pela UFPI/ESAPI. Atuou como advogada e Procuradora Federal da SUDENE.

Ingressou no cargo de Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí em fevereiro de 1996. Trabalhou no interior do Estado durante 13 (treze) anos, atuando nas Promotorias de São Félix do Piauí, Angical do Piauí, Itaueira, Pedro II, Água Branca, São Pedro do Piauí, São Gonçalo do Piauí, Regeneração, Arraial e Piripiri. Em 2009, foi promovida por antiguidade à 8ª Promotoria de Teresina, de entrância final. Atualmente, é titular da 24ª Promotoria de Justiça de Teresina.

Foi Coordenadora do Centro de Apoio de Combate à Corrupção e Defesa do Patrimônio Público-CACOP e Assessora Especial Administrativa. Atualmente, é Subprocuradora de Justiça Administrativa, assessorando na elaboração de atos normativos e projetos de Lei, além de pareceres em procedimentos licitatórios.

Integrou diversas Comissões, incluindo a de concursos para membros, servidores e estagiários. Foi representante da Administração Superior no Fórum Nacional de Gestão do Conselho Nacional do Ministério Público. É membro do Conselho Deliberativo do Fundo de Modernização do MPPI e Coordena os Comitês de Tecnologia de Informação – CETI e Gestor Estadual das Tabelas Unificadas.

Atua como Membro Auxiliar da Corregedoria Nacional do Ministério Público, tendo participado de projetos e atividades correicionais em diversas unidades ministeriais.

Possui formação em Programação Neurolinguistica, Reiki e Constelação Familiar Sistêmica.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Carmelina Moura toma posse como procuradora geral de Justiça dia 12

Carmelina Moura é a nova procuradora geral de Justiça do Piauí