Teresina - PI

Carro usado na fuga de assaltantes de banco na BR 343 é localizado

O veículo foi encontrado na tarde de hoje no bairro Morros, zona leste da Capital.

Brunno Suênio
Teresina
Laura Moura
Teresina
08/05/2019 16h20 - atualizado 19h24

Na tarde desta quarta-feira (08), foi localizado o carro modelo Toyota Etios, que foi tomado de assalto de uma mulher pelos dois acusados de integrar a quadrilha responsável por explodir e roubar duas agências bancárias em Campo Maior. Apesar da localização do veículo, as polícias ainda não conseguiram capturar os indivíduos, identificados como Marcelo Negão e Raimundo.

O carro foi encontrado no bairro Morros, zona leste da Capital. A Polícia Militar foi acionada por volta de 15h e a equipe do GP1 chegou até o local juntamente com a viatura do 5º BPM. Uma testemunha que não quis se identificar informou que Marcelo Negão e Raimundo deixaram o veículo por volta de 08h30 e saíram a pé. Em seguida, um rapaz informou que o Toyota Etios havia sido roubado.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Toyota Etios encontradoToyota Etios encontrado

“Eu cheguei 08h. Então, eu ouvi um carro chegando e eu achei que era o dono daqui. Quando eu olhei pelo muro, eles já iam caminhando. Os dois foram diretos, desceram. Aí depois, passou um rapaz e parou. Eu disse que desde cedo o carro estava aí e ele falou que este veículo tinha sido roubado. Em seguida, acionaram a PM”, comentou.

Entenda o caso

Uma operação integrada da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda-Civil Municipal de Teresina foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (08) com o intuito de buscar realizar a prisão de dois acusados de integrar a quadrilha responsável por explodir e roubar duas agências bancárias no município de Campo Maior.

Tudo começou quando os policiais receberam a informação de que a dupla havia feito cinco reféns na cidade de Barras e seguiu pela BR 343 em um carro, modelo Volkswagen Up. Os agentes iniciaram acompanhamento tático desde o posto da Polícia Rodoviária Federal em Campo Maior, até o posto de altos, onde os criminosos foram interceptados. Na abordagem, os bandidos liberaram os reféns, mas conseguiram fugir.

“Em Campo Maior, foi feito o rastreamento dele e, a partir daí, formaram as ações em Teresina, os possíveis bloqueios. Ao chegar na PRF, eles romperam o bloqueio, o pneu foi avariado e eles passaram para um outro veículo”, comentou o secretário de segurança Fábio Abreu.

Dois dos reféns foram sendo ouvidos pelo Greco e outros três preferiram ir para casa. O proprietário do Up, que estava dirigindo o carro no momento da abordagem dos bandidos, é motorista de aplicativos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmera de segurança flagra fuga de assaltantes de banco na BR 343

Greco divulga imagens para localizar assaltantes de banco em Teresina

Assaltantes de banco fazem reféns e são perseguidos pela polícia na BR 343

Mais conteúdo sobre: