Eleições 2020

Casa de candidato a prefeito de Mairinque é alvo de tiros

Rafael Oliveira Dias (MDB) conta que dois dos três projéteis disparados abriram buracos na parede da sala onde ele estava; o político e sua família não se feriram.

Por  Estadão Conteúdo
13/11/2020 12h49

A dois dias da votação em primeiro turno, mais um episódio de violência marca as eleições municipais de 2020 no interior de São Paulo. No início a madrugada desta sexta-feira (13), a casa do vereador e candidato a prefeito pelo MDB Rafael de Oliveira Dias, o Rafael da Hípica, foi atingida por disparos de arma de fogo, em Mairinque, região de Sorocaba.

Dois tiros atravessaram a vidraça da sala onde o candidato estava e abriram buracos na parede. Outro projétil atingiu a estrutura metálica do vitrô. O candidato estava com a família, mas ninguém se feriu. Ele disse ter ouvido o barulho de uma moto se afastando, após os disparos. A Polícia Civil realizou perícia no imóvel e investiga o caso.

Rafael disputa a terceira eleição – a primeira para prefeito. Ele ficou como suplente de vereador em 2012 e se elegeu para a Câmara Municipal em 2016. “Foi um susto. Por volta da meia-noite e meia, eu estava sentado na sala, vendo as documentações de campanha, quando ouvi os disparos. Pulei do sofá e me abaixei. Aí vi que dois tiros atravessaram a vidraça e abriram buracos na parede. Outro atingiu o ferro da janela. Estamos assustados, eu, minha mãe, meu pai, meu irmão, toda minha família, mas estamos bem”, disse.

O ataque foi registrado no plantão da Polícia Civil. O candidato disse que não recebeu ameaças e desconhece a motivação dos tiros. A investigação recolheu pedaços de chumbo na casa e requisitou imagens de câmeras instaladas nas proximidades. Rafael cancelou todas as ações de campanha e vai acompanhar a ação da polícia. Na cidade de 47 mil habitantes, outros quatro candidatos disputam a prefeitura.

Outros três casos de violência contra candidatos foram registrados em São Paulo durante a campanha eleitoral. Na quarta-feira (11), o carro da candidata do PSDB à prefeitura de São Vicente, Solange Freitas, foi atingido por vários tiros na cidade da Baixada Santista. Solange e o candidato a vice-prefeit,o Gil dos Santos, do mesmo partido, além de três assessores, estavam no veículo blindado, mas ninguém se feriu.

No último dia 9, o candidato a vereador Ricardo de Moura, do PL, foi baleado quando participava de uma live, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Atingido por dois tiros, ele foi levado ao hospital, mas já teve alta.

Na noite de 24 de outubro, o carro em que estava o candidato a prefeito de São José dos Campos, Anderson Senna, do PSL, foi atingido por cinco tiros. À polícia, ele disse que o atirador estava em uma moto. O candidato nada sofreu. Conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo, todos os casos são investigados.