Guaíra - SP

Casal é preso em SP por tentar comprar bebê de mulher do Piauí

A acusada estava mantendo contato com a grávida por meio de uma rede social e de uma página para a troca de informações entre gestantes.

Laura Moura
Teresina
16/10/2018 10h04 - atualizado 10h04

No município de Guaíra, situado no estado de São Paulo, um casal foi preso acusado de tentar comprar um bebê recém-nascido de uma mulher do Piauí. A suspeita é que o casal iria pagar de R$ 40 mil a R$ 80 mil pela criança. Os presos não tiveram os nomes revelados pela polícia.

A menina nasceu há um mês na Santa Casa de Guaíra. A Polícia Civil ficou a par do caso após receber uma denúncia anônima sobre a adoção ilegal. A acusada estava mantendo contato com a grávida por meio de uma rede social e de uma página para a troca de informações entre gestantes. A mulher teria prometido várias vantagens a mulher para ficar com o bebê.

  • Foto: DivulgaçãoSanta Casa de GuaíraSanta Casa de Guaíra

A Polícia Civil chegou a apurar uma denúncia sobre o envolvimento do casal em tráfico de órgãos, mas a hipótese foi descartada. Eles foram indiciados por tráfico de pessoas para fins de adoção ilegal, utilizando de vantagem econômica. A criança foi levada a um abrigo, onde deverá ficar até ser adotada legalmente.

Mais conteúdo sobre: