Piauí

CCJ da Alepi aprova cidadania piauiense a Rogério Marinho e Tarcísio Freitas

A reunião virtual da CCJ foi presidida pelo deputado Severo Eulálio (MDB) e contou com a participação dos deputados Francisco Limma (PT), João de Deus (PT), Ziza Carvalho (PT) e Teresa Britto (PV).

Thais Guimarães
Teresina
06/10/2020 20h39 - atualizado 20h39

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou, em reunião virtual nesta terça-feira (06), a concessão de título de cidadania piauiense aos ministros Rogério Marinho e Tarcísio Gomes de Freitas, que comandam as pastas do Desenvolvimento Regional e da Infraestrutura, respectivamente.

A reunião virtual da CCJ foi presidida pelo deputado Severo Eulálio (MDB) e contou com a participação dos deputados Francisco Limma (PT), João de Deus (PT), Ziza Carvalho (PT) e Teresa Britto (PV).

  • Foto: GP1Rogério Marinho e Tarcísio FreitasRogério Marinho e Tarcísio Freitas

As duas proposições, de autoria do deputado Júlio Arcoverde (Progressistas), foram aprovadas após pareceres favoráveis dos deputados B. Sá (Progressistas) e Gessivaldo Isaías (Republicanos).

Júlio Arcoverde apresentou a proposta de concessão dos títulos aos dois ministros no dia 02 de setembro, por meio de Projeto de Decreto Legislativo. A justificativa do parlamentar é que Rogério Marinho e Tarcísio Freitas prestaram relevantes serviços em benefício do povo piauiense.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Júlio Arcoverde quer título de cidadania piauiense para Tarcísio Gomes

Júlio Arcoverde quer título de cidadania ao ministro Rogério Marinho