Parnaíba - PI

Centro de Reabilitação vai começar atender pessoas com sequelas da covid-19

Na obra, foram investidos R$ 8.071.524,03, oriundos do Ministério da Saúde, do Tesouro Estadual e de emendas parlamentares da deputada federal Rejane Dias.

19/10/2020 18h03 - atualizado 18h09

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e da Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), em parceria com o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conede-PI), inaugurou, nesta segunda-feira (19), Dia do Piauí, o Centro Especializado em Reabilitação (CER IV) de Parnaíba. O centro oferecerá serviços na modalidade de reabilitação visual, auditiva, física e intelectual e neste primeiro momento irá tratar pessoas com sequelas da Covid-19.

Na obra, foram investidos R$ 8.071.524,03, oriundos do Ministério da Saúde, do Tesouro Estadual e de emendas parlamentares da deputada federal Rejane Dias. Para o governador Wellington Dias, além do grande volume de investimento e da quantidade de pessoas da região que serão beneficiadas, a conclusão do centro é um passo “gigante” no sentindo de completar o sistema de saúde da região com um atendimento especializado às pessoas com deficiência.

  • Foto: Divulgação/AscomCentro de reabilitação em ParnaíbaCentro de reabilitação em Parnaíba

“Parnaíba é uma cidade polo de saúde, com curso de Medicina, de Enfermagem e de outras áreas da saúde, onde teremos de um lado atendimento aos que mais precisam e de outro vai servir de base para o aprendizado técnico e superior. Comemoro no Dia do Piauí esse momento de inauguração deste centro”, disse Wellington.

“A realização desse sonho foi por que Deus permitiu chegar até aqui. Iniciamos esse trabalho lá em Teresina, e em 12 anos já foi mais de 1 milhão de atendimentos, no qual tivemos a ideia de sempre descentralizar, e esse é conjunto de esforços que vai atender mais 60 mil pessoas”, comemora a deputada federal Rejane Dias.

No local, além do atendimento, haverá uma oficina ortopédica que permitirá que todos os equipamentos, como órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção (OPMs), sejam feitos sob medida. “Além disso, vai gerar empregos para médicos, nutricionistas, psicólogos, enfermeiros, nutricionistas, para cargos administrativos”, comentou Rejane Dias.

Todo o processo de seleção será feito pela Fundação Reabilitar que deve divulgar em breve o cronograma de seleção. Mais de 40 profissionais trabalharão no local.

  • Foto: Divulgação/AscomWellington Dias praticando exercício no centro em ParnaíbaWellington Dias praticando exercício no centro em Parnaíba

“Essa inauguração é a confirmação da formação de uma rede de reabilitação no estado. Além das melhorias no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), na maternidade; e as ações de enfrentamento à Covid-19, com a duplicação dos leitos de UTIs, e com todas as dificuldades, continuamos investindo nas ações de saúde; na consolidação de um sistema de saúde eficaz e humanizado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

“São pessoas com deficiência que ficavam sem o tratamento por que não podiam se deslocar para Teresina que agora vão poder receber atendimento com conforto e próximo de suas casas. Com certeza é um marco, o antes e depois do CER Parnaíba. Essas pessoas serão encaminhadas por meio da regulação das Secretarias de Saúde dos municípios”, disse o secretário de Estado da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo.

“Vamos iniciar com atendimento às pessoas que ficaram com sequelas de Covid-19. Mais de 90% desses pacientes saem com complicações pulmonares, aqui ele vai receber todo o atendimento médico, exames de diagnóstico e vamos traçar o plano de tratamento. O centro vai ter capacidade simultânea de atendimento de 200 pacientes, funcionando de 7h30 às 12h30 e, a medida da necessidade, vamos expandindo para um novo turno. A partir do início do próximo ano que iniciaremos os atendimentos das quatro deficiências, são etapas que vamos seguir. É uma alegria, mais uma missão que nos foi repassada – cumprir com êxito o nosso trabalho, seguindo o modelo do Ceir de Teresina”, explicou Aderson Luz, superintendente da Associação Reabilitar.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Centro de Reabilitação vai começar atender pessoas com sequelas da covid-19

Governo entrega centro para pessoas com sequelas da covid-19 em Parnaíba

Sesapi vai inaugurar centro para pessoas com sequelas da covid-19