Piauí

Chico Lucas defende continuidade dos serviços da OAB Piauí

Chico Lucas explicou que a sua gestão realizou algumas mudanças na OAB Piauí, mas que alguns projetos e iniciativas precisam de continuidade.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Débora Dayllin
Teresina
24/11/2018 15h04 - atualizado 15h05

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) secção Piauí, Chico Lucas, defendeu que o novo presidente que será eleito hoje possa dar continuidade aos trabalhos iniciados na sua gestão. Neste sábado (24) está sendo realizada a eleição e os advogados Lucas Villa, Carlos Henrique e Celso Barros Neto concorrem à presidência.

Chico Lucas explicou que a sua gestão realizou algumas mudanças na OAB Piauí, mas que alguns projetos e iniciativas precisam de continuidade. “Temos alguns trabalhos que foram iniciados, temos o mestrado que foi aprovado pela Universidade Federal, mas precisa ser implementado, também temos a questão dos dois turnos, onde temos que lutar por mais servidores. Temos a questão da OAB Office que implantamos 9, mas temos que levar para todas as seções”, destacou o presidente da OAB Piauí.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Chico LucasChico Lucas

Ele está apoiando o candidato Lucas Villa, da Chapa 1, que atualmente é o vice-presidente. Chico Lucas disse acreditar que haverá melhor continuidade do seu trabalho se Lucas Villa for eleito. “Acho que com o trabalho que foi iniciado, tem que se dar continuidade e eu acho que o Lucas Villa é o melhor candidato para fazer isso”, defendeu.

O presidente ainda defendeu o projeto “Meu Primeiro Escritório” que foi apresentado pela Chapa 1. “Eu acho que é um projeto bom, que vai trazer dignidade aos advogados, permitindo que eles tenham linhas de crédito e financiamento mais baratos e também que possam adquirir móveis de maneira mais fácil, então esse é um bom projeto”, afirmou.

Mais de 9 mil advogados escolhem hoje os representantes da Diretoria do Conselho Seccional, de Conselheiros Seccionais, de Conselheiros Federais, da Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados, das Diretorias das Subseções e Conselhos de Subseções para o próximo triênio 2019/2021. A votação se encerra às 17h.