Teresina - PI

Cícero Magalhães diz que PT não vai barrar candidatura de Dudu

O deputado afirmou que nada impedirá Dudu de concorrer e que ambos os candidatos vão ter a oportunidade de disputarem os votos.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
27/06/2019 14h37

A eleição pela presidência estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) no Piauí tem gerado atrito entre os dois nomes que estão na disputa: o deputado federal Assis Carvalho e o vereador de Teresina Dudu Borges. Assis chegou a declarar para a imprensa que dificilmente Dudu conseguirá apoio dos filiados no interior do Estado para conseguir se eleger.

O deputado estadual Cícero Magalhães (PT) afirmou nesta quinta-feira (27) ao GP1, que nada impedirá Dudu de concorrer e que ambos os candidatos vão ter a oportunidade de disputarem os votos dos filiados na eleição que acontecerá no dia 8 de setembro.

  • Foto: Helio Alef/GP1Cícero MagalhãesCícero Magalhães

"O companheiro Assis vai para reeleição, mas o Dudu também se coloca. Nesse contexto, o Partido dos Trabalhadores é democrático. As pessoas são eleitas diretamente no voto dos filiados. O Assis estava sozinho nessa eleição e agora o Dudu se coloca à disposição e no Partido dos Trabalhadores não tem essa de barrar ninguém. Se o Dudu quer disputar, nada o impedirá para isso acontecer”, destacou Cícero Magalhães.

Sobre a declaração de Assis Carvalho de que Dudu não iria conseguir apoio, o parlamentar afirmou que é difícil saber o que acontecerá, já que “ás vezes a pessoa sai com poucas chances e termina crescendo” e explicou que não viu “a entrevista dele [Assis], mas se ele falou, é o pensamento dele. Se você perguntar ao Dudu, ele vai dizer que ganha, então é assim mesmo”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dudu diz que apoio de Assis Carvalho a Franzé é "fraco"

Assis quer seguir no comando do PT e deve ir para o embate com Dudu

Dudu diz que não abre mão de disputar o diretório estadual do PT