Teresina - PI

Ciro Nogueira diz que Kássio Marques será presidente do STF em 10 anos

"Acho que daqui a dez anos, 12 anos no máximo, Kássio estará como presidente do Supremo”, projetou Ciro.

Germana Chaves
Teresina
22/10/2020 11h14 - atualizado 11h16

O Senado aprovou na noite dessa quarta-feira (21) o piauiense Kássio Nunes Marques como novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). O nome foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para a vaga aberta com a aposentadoria do ex-ministro Celso de Mello.

O GP1 conversou nesta quinta-feira (22), com o senador do Piauí, Ciro Nogueira (presidente nacional do Progressistas) e ele demonstrou a satisfação com a indicação do conterrâneo e projetou que Kássio chegará à presidência do STF em dez anos.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Ciro NogueiraCiro Nogueira

“A indicação dele elevou a autoestima e cria um sentimento de satisfação, de orgulho por ter uma pessoa no perfil dele. Pela primeira vez nós temos um ministro que viveu no Piauí, que tem uma história de vida no Piauí. Tivemos outros ministros que apenas nasceram no Piauí. Isso cria um ânimo, um incentivo às pessoas que acreditam em educação, em trabalho. Acho que daqui a dez anos, 12 anos no máximo, Kássio estará como presidente do Supremo”, projetou Ciro.

Votos favoráveis e posse

Na sabatina realizada ontem no Senado, Kássio Marques obteve 57 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção. Agora, a decisão será comunicada ao Poder Executivo e, em seguida, o STF marcará a data da posse.

A votação no plenário da Casa ocorreu após cerca de dez horas de sabatina do indicado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Marques teve apoio da maioria dos senadores para ocupar a cadeira e recebeu uma série de elogios de senadores durante a reunião no colegiado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Kássio Marques é aprovado pelo Senado e assumirá vaga no STF

CCJ do Senado aprova indicação de Kássio Marques para vaga no STF