Teresina - PI

COE autoriza segunda fase da retomada do comércio em Teresina

Em entrevista ao GP1, o professor Washington Bonfim, presidente do COE, contou que todas os critérios necessários para a reabertura de outros setores econômicos foram atingidos.

Fábio Wellington
Teresina
23/07/2020 20h02

O Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) autorizou, na tarde desta quinta-feira (23), a Prefeitura de Teresina a dar prosseguimento à segunda fase da retomada das atividades econômicas na Capital, a partir da próxima segunda-feira (27).

Em entrevista ao GP1, o professor Washington Bonfim, presidente do COE, contou que todas os critérios necessários para a reabertura de outros setores econômicos foram atingidos.

  • Foto: Helio Alef/GP1Washington BonfimWashington Bonfim

“Tivemos uma queda no número de mortes em decorrência da covid-19 por duas semanas, e uma pequena alta na última semana, só que isso não vai interferir. Teve redução no número de internações de pacientes com o novo coronavírus em UTIs, além do índice de reprodução do vírus que também caiu e está em 0,66%, então, considerando os outros parâmetros de segurança como a testagem que continua aumentando, decidimos que a reabertura poderia seguir”, informou Bonfim.

Fase 2

Primeira etapa

A primeira etapa da Fase 2 está marcada para começar no dia 27 de julho, quando poderão funcionar o comércio atacadista e varejista de itens não essenciais, como eletrodomésticos, além de pet shop, agências de viagens, serviços administrativos, de edifícios, missas, serviços religiosos e espaços abertos de parques, reservas naturais e zoológico. Atividades físicas em espaços abertos também serão permitidas.

Segunda etapa

Já na segunda etapa da Fase 2, que terá início a partir do dia 03 de agosto, estarão autorizados a abrir shoppings centers, centros comerciais, artigos para viagem e calçados e serviços imobiliários. Também podem funcionar serviços de tatuagem e colocação de piercing, alojamento, higiene e embelezamento de animais domésticos.

Os estabelecimentos comerciais e empresariais localizados no interior de centros comerciais e shoppings terão seu retorno conforme cronograma e nível de restrição de cada uma de suas atividades. Os shoppings deverão obter licença prévia específica da Vigilância Sanitária do Município de Teresina.

NOTÍCIA RELACIONADA

Firmino Filho assina decreto com novas datas para reabertura do comércio