Piripiri - PI

Comando Geral manda prender PMs acusados de agredir preso em Piripiri

Um vídeo mostra o suspeito imobilizado dentro da delegacia do município e logo depois dois policiais passam a agredi-lo.

Brunno Suênio
Teresina
11/04/2019 07h44 - atualizado 08h35

O comandante Geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho, determinou na noite dessa quarta-feira (10) a prisão administrativa de dois policiais militares, que foram flagrados em vídeo agredindo um homem suspeito de furto na cidade de Piripiri, na última terça-feira (09).

No vídeo, que ganhou as redes sociais nas últimas horas, aparece o suspeito imobilizado dentro da delegacia do município e logo depois dois PMs passam a agredi-lo. Após tomar conhecimento da ação policial, o coronel Lindomar Castilho determinou ainda que o comandante do 12º Batalhão de Piripiri, tenente-coronel Erisvaldo Viana, apresentasse os policiais à Corregedoria para instauração de Inquérito Policial Militar, o que aconteceu por volta de 20h dessa quarta.

Em entrevista ao GP1, na manhã desta quinta-feira (11), o Comandante Geral da PM-PI, coronel Lindomar Castilho, informou que em razão de ter extrapolado o flagrante, restou decretar a prisão administrativa disciplinar dos dois policiais.

“Como já havia passado mais de 24h do fato, então nós decretamos a prisão administrativa disciplinar em razão de eles terem violado o nosso estatuto. Em relação ao crime, eles vão responder na esfera penal, pois eles estavam em serviço, que pode ser, dependendo de quem vai apurar, maus tratos, lesão corporal [...] Quem for apurar terá que encontrar os elementos para fazer o indiciamento. Nós vamos ter que aguardar a conclusão”, explicou.

A Polícia Militar lançou uma nota sobre o caso na manhã desta quinta-feira (11).

Confira a nota na íntegra:

A Diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Piauí informa que o Comandante Geral, ao tomar conhecimento do vídeo, determinou ao Comandante do 12º Batalhão em Piripiri, que apresentasse os Policiais Militares na Corregedoria para Instauração do Inquérito Policial Militar, bem como decretou a prisão administrativa dos Policiais envolvidos no fato.

Teresina, 11 de abril de 2019.

Elza Rodrigues Ferreira - TC Diretora de Comunicação Social da PMPI.

A Delegacia Geral da Polícia Civil do Piauí publicou uma nota, informando que a Corregedoria da Polícia Civil vai instaurar procedimento para investigar como o fato envolvendo os policiais militares ocorreu nas dependências da Delegacia Regional de Piripiri, apurando eventual omissão dos policiais civis.

Confira a nota na íntegra:

Nota à imprensa

A Delegacia Geral de Polícia Civil informa que, em relação a fato ocorrido no interior da Delegacia De Piripiri, a Corregedoria de Polícia Civil vai instaurar procedimento cabível para apurar o caso com o intuito de constatar eventual ação ou omissão de policiais civis lotados naquela unidade que se encontravam no plantão policial.