Coronavírus no Piauí

Confira os setores que vão poder reabrir nesta segunda-feira no Piauí

As atividades estão suspensas desde março, por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Os primeiros setores reabriram no dia 6 de julho.

Bárbara Rodrigues
Teresina
27/07/2020 06h27 - atualizado 06h28

Nesta segunda-feira, 27 de julho, será iniciada a reabertura de mais setores no Estado do Piauí, após o governador Wellington Dias (PT) ter apresentado um cronograma para a retomada gradual das atividades econômicas. As atividades estão suspensas desde março, por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os primeiros setores reabriram no dia 6 de julho concentrando principalmente a área da construção civil, e depois no 13 de julho aconteceu a segunda etapa com atividades relacionadas a agricultura, a pecuária, comércio de alimentos e bebidas, entre outros.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Lojas fechadas Lojas fechadas

Já no dia 20 de julho ocorreu reabertura de setores relacionados a fabricação de móveis, comércio varejista e atacadista de móveis e eletrodomésticos, comércio varejista e atacadista de produtos químicos, médicos farmacêuticos, entre outros.

Agora acontece uma nova etapa, onde novos setores estão autorizados aa funcionar, desde que eles atendam aos protocolos apresentados pelo governo em relação à segurança sanitária.

Vão poder funcionar a partir do dia 27 de julho:

– Fabricação de Produtos têxteis, vestuário, acessórios, calçados e artigos de couro;
– Comércio atacadista e varejista de tecidos, vestuário e acessórios: comércio de tecido, armarinho, vestuário, calçados, cosméticos, artigos para viagens, artigos para o lar: tapeçaria, persianas, cortinas, cama, mesa e banho.
– Lavanderias, tinturarias e toalheiros;
– Reparação e manutenção de equipamentos de informática e comunicação e de objetos pessoais e domésticos;
– Fabricação de celulose, papel e produtos de papel, impressão e reprodução de gravações;
– Comércio atacadista e varejista de papelaria, materiais de escritório e publicações;
– Edição e edição integrada à impressão;
– Fabricação de produtos diversos: envolve fabricação de instrumentos musicais, bijuterias, brinquedos e artefatos para esportes, informática, eletrônicos e ópticos, demais indústrias;
– Comércio diverso: atacadista e varejista de produtos diversos: instrumentos musicais, artigos para o lar, esportes, demais comércios;
– Atividades religiosas;
– Atividades físicas ao ar livre, em parques e espaços públicos, exceto atividades físicas em grupo.

Capital tem cronograma diferente

Apesar do decreto do governador, os prefeitos possuem autonomia em relação a abertura dos setores. O prefeito Firmino Filho (PSDB) assinou no dia 17 de julho um decreto informando as datas e os setores das novas fases de reabertura das atividades econômicas em Teresina.

No dia 27 de julho estarão autorizados a funcionar o comércio atacadista e varejista de itens não essenciais, como eletrodomésticos, além de pet shop, agências de viagens, serviços administrativos, de edifícios, missas, serviços religiosos e espaços abertos de parques, reservas naturais e zoológico. Atividades físicas em espaços abertos também serão permitidas. O cronograma segue com cada semana com abertura de várias atividades.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: número de pessoas afastadas do trabalho diminuiu no Piauí

Wellington Dias anuncia queda na taxa de transmissibilidade da covid-19

Eduardo Pazuello foi avisado de que efeitos da covid-19 durariam até 2 anos