Piauí

Conselheiros do TCE aprovam contas do procurador Cleandro Moura

Em sua defesa, o procurador explicou que todos os atos foram devidamente publicados e ocorreram dentro da legalidade.

Bárbara Rodrigues
Teresina
17/02/2019 18h46 - atualizado 18h47

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE) aprovou as contas de gestão da Procuradoria Geral de Justiça do Ministério Público do Piauí referente ao exercício financeiro de 2017, na gestão do procurador geral Cleandro Moura.

No julgamento os conselheiros analisaram algumas irregularidades encontradas relacionadas ao cadastramento prévio da abertura das licitações efetuado fora do prazo e finalização de licitação fora do prazo.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Procurador-Geral do MP-Piauí Cleandro MouraProcurador-Geral do MP-Piauí Cleandro Moura

Em sua defesa, o procurador explicou que todos os atos foram devidamente publicados e ocorreram dentro da legalidade. “Estamos sempre atentos para todos os prazos, tanto da Resolução 26/2016/TCE-PI e da lei 8.666/93, e a partir de então redobraremos nossa atenção para cumprirmos todos os prazos legais”, disse o procurador geral Cleandro Moura.

Os conselheiros entenderam que essas duas falhas não são suficientes para ensejar a reprovação das contas, por isso elas foram aprovadas de forma unânime em sessão plenária ocorrida no dia 31 de janeiro. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE do dia 15 de fevereiro.

Participaram da decisão os conselheiros Abelardo Pio Vilanova e Silva , Waltânia Maria Nogueira de Sousa Leal Alvarenga. Jaylson Fabianh Lopes Campelo, Delano Carneiro da Cunha Câmara, Jackson Nobre Veras e Alisson Felipe de Araújo.