Coronavírus no Piauí

Contágio da covid-19 em casa aumentou no Piauí, diz biomédica

De acordo com a biomédica Ester Miranda, as medidas de isolamento são as ações mais eficazes para diminuir o contágio da covid-19, porém a população relaxa e deixa de realizar a higiene pessoal.

Davi Fernandes
Teresina
08/05/2020 18h33 - atualizado 18h34

Em live com o governador Wellington Dias (PT) nesta sexta-feira (08), a biomédica Ester Miranda apontou que existem estudos demonstrando uma crescente taxa de infecção do novo coronavírus (Covid-19) intradomiciliar no Piauí, pois algumas pessoas estão descumprindo as medidas de isolamento.

De acordo com a biomédica, as medidas de isolamento são as ações mais eficazes para diminuir o contágio da covid-19, porém a população relaxa e deixa de realizar a higiene pessoal, pois não apresenta os sintomas da doença.

  • Foto: Reprodução/YoutubeLive realizada nesta sexta-feira (08)Live realizada nesta sexta-feira (08)

“Não tem outra alternativa para diminuir a doença se não for o isolamento social, mas como eu enfatizei, dentro de casa tomar os cuidados necessários, as medidas de higiene necessárias para evitar a transmissão desse vírus. As pessoas acabaram relaxando e pensando: ‘se eu estou em casa, vou ali, vou ao supermercado e não estou sentindo nenhum sintoma, então não tem problema”, disse.

Ainda conforme Ester Miranda, os dados dos estudos mostram que por conta do relaxamento, as pessoas acabam saindo de casa, se infectam nas ruas e não apresentam os sintomas, porém outros moradores da mesma residência testam positivo para a covid-19.

“Os estudos também demonstram que dentro do município existe uma taxa de infecção intradomiciliar. Teve casas em que o indivíduo deu positivo e outros da casa não deram positivo. E teve outras casas em que um deu positivo e as outras pessoas também foram infectadas”, ressaltou.

37 mortos pelo coronavírus no Piauí

Boletim divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde (Sesapi) na noite desta quinta-feira (07) aponta que subiu para 37 o número de mortes em decorrência do coronavírus (covid-19) no estado do Piauí. Foram confirmados ainda mais 80 casos confirmados da doença, chegando a 1.131.

De acordo com a Sesapi, as duas últimas mortes tratam-se de homem de 74 anos, com problema pulmonar, que faleceu no Hospital Getúlio Vargas, em Teresina e uma mulher natural de Baixa Grande do Ribeiro, de 52 anos, que faleceu no Hospital Tibério Nunes, em Floriano.

Casos de Covid-19 no Piauí
Infogram

Ainda segundo o boletim epidemiológico, 12.900 casos já foram descartados no Piauí, após a realização de exames e testes rápidos.

Dos 80 novos casos confirmados, 45 são mulheres e 35 homens, com idades que variam de 1 ano a 89 anos. Foram registrados os primeiros casos da doença nos municípios de Baixa Grande do Ribeiro, Coivaras, Currais, São José do Peixe e São Luís do Piauí. Com isso, 83 municípios do Piauí passam a ter casos confirmados do novo coronavírus.

Situação diária de internações

Conforme o boletim, atualmente há 275 pessoas internadas, com suspeita ou diagnóstico confirmado de covid-19. Desse número de internações, 190 são em leitos clínicos, 82 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 3 em leitos de estabilização.

Outros óbitos

A maioria das pessoas que morreram de covid-19 no Piauí eram idosas. Dentre as vítimas, estão o prefeito de São José do Divino, Antônio Felícia; o diretor da Delta Laticínios, Oderman Bittencourt; e o empresário Nogueira Neto.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington diz que vai decretar lockdown se aumentar ocupação de UTIs

Covid-19: prefeitos do Piauí terão que reforçar fiscalização de transportes