Teresina - PI

Corpo de Bombeiros é acionado após vazamento de gás na Alepi

A primeira informação que chegou à corporação foi de que haveria um princípio de incêndio no prédio.

Laura Moura
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
17/06/2019 12h05 - atualizado 13h34

O Corpo de Bombeiros de Teresina foi acionado por volta de 10h30 desta segunda-feira (17), para conter um vazamento de gás na central de ar-condicionado da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Em entrevista ao GP1, o tenente Macílio explicou que os oficiais receberam a informação que havia ocorrido um princípio de incêndio no prédio do poder legislativo. Porém, ao chegarem no local, foi verificado que se tratava de um vazamento de gás 407, utilizado em ar-condicionado.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Oficiais do Corpo de BombeirosOficiais do Corpo de Bombeiros

“Fomos acionados por uma subtenente nossa que trabalha na Assembleia sobre um possível princípio de incêndio, mas na verdade, se tratava de um vazamento do ar-condicionado. Quando nós chegamos, os procedimentos já haviam sidos realizados pelos militares que trabalham aqui”, explicou.

  • Foto: Helio Alef/GP1Carro do Corpo de BombeirosCarro do Corpo de Bombeiros

O tenente ainda reiterou que o gás não provoca qualquer tipo de reação às pessoas e que não houve prejuízo material em virtude do problema na central de ar-condicionado.