Teresina - PI

Covid-19: Firmino Filho avalia contratar médicos de outros estados

“Existe a possibilidade de trazer médicos de outros estados, mas o plano A é focar primeiro aqui [no Piauí]. Quer contribuir com a luta, procure o HUT", disse o prefeito.

Germana Chaves
Teresina
16/06/2020 12h59 - atualizado 13h22

O prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) disse que está analisando a possibilidade de contratar médicos de outros estados para ajudar na linha de frente do combate contra a Covid-19 em Teresina. Ele explicou que o plano A é arregimentar profissionais de saúde do Piauí e lembrou que a demanda vai aumentar quando for inaugurado o Hospital de Campanha, que leva o nome do empresário João Claudino, e vai dispor de 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nesta terça-feira (16), durante entrevista à imprensa, Firmino fez um apelo para que os profissionais de saúde do Estado se apresentem para reforçar o corpo médico da Capital na luta contra o novo coronavírus.

“Existe a possibilidade de trazer médicos de outros estados, mas o plano A é focar primeiro aqui [no Piauí]. Quer contribuir com a luta, procure o HUT. Estamos precisando de gente para trabalhar, para que possamos dar assistência a quem está precisando. Temos 60 novos leitos de UTI no Hospital de Campanha e precisaremos de muitos profissionais”, falou o prefeito.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito Firmino FilhoPrefeito Firmino Filho

Firmino Filho ainda falou que um dos planos é melhorar a remuneração dos profissionais de medicina como forma de estimular aqueles que atuam na área. “Queremos melhorar a remuneração dos médicos, como forma de estímulo e reconhecimento”, acrescentou o prefeito.

Covid-19 em Teresina

Dados do Painel Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), divulgados na noite dessa segunda-feira (15), apontam que Teresina registrou 10 novas mortes e 204 novos casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) nas últimas 24h.

O número total de mortes em decorrência da covid-19 na capital agora é de 217. Ao todo, 4.624 pessoas foram comprovadamente infectadas desde o início da pandemia.

Entre os óbitos, cinco homens com idades de (62, 68, 76, 88 e 90 anos) e cinco mulheres com idades de (46, 66, 70, 84 e 85 anos). De todos os óbitos registrados, apenas o homem de 76 anos não possuía doenças relacionadas

Situação no Piauí

Dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), divulgados na noite desta segunda-feira (15), apontam que subiu de 10.357 para 10.881 o número de casos confirmados de coronavírus (covid-19) no estado. O número de mortes em decorrência da doença também subiu, passando de 374 para 393. Foram 524 novos casos e 19 novas mortes registradas nas últimas 24 horas.

NOTÍCIA RELACIONADA

Teresina registra 4.624 casos e 217 mortes por covid-19