Teresina - PI

Covid-19: mais de 80% das mortes em Teresina são de idosos, aponta FMS

Segundo boletim divulgado pela Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), das 962 mortes em decorrência do vírus na capital, 745 eram idosos com a faixa etária entre 69 a 100 anos.

Fábio Wellington
Teresina
13/09/2020 16h13 - atualizado 16h13

Dados divulgados pelo Comitê de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), na noite deste sábado (12), apontam que mais de 80% das pessoas que morreram em decorrência do novo coronavírus (covid-19) em Teresina, possuíam doenças crônicas e eram idosos.

Das 962 mortes em decorrência do vírus na capital, 745 eram idosos com a faixa etária entre 69 a 100 anos, 201 adultos com idades entre 30 a 59 anos, 15 jovens com idades entre 20 a 29 anos e apenas um óbito foi de adolescente com a faixa etária de 10 a 19 anos.

Casos da doença em Teresina

Segundo boletim divulgado pela Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS), os dados que apontam que a capital piauiense já possui 12.565 pessoas recuperadas do novo coronavírus (covid-19).

De acordo com a atualização, a capital registra ainda 28.282 casos confirmados e 962 óbitos em decorrência da covid-19. Os bairros que mais possuem casos da doença são, por ordem decrescente, Itararé (1962), Mocambinho (931), Angelim (827) e Centro (729).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Piauí registra 1.967 mortes e 86.396 casos confirmados de coronavírus

Covid-19: Estado do Piauí tem 167 municípios com registros de óbitos