Coronavírus no Piauí

Covid-19: promotora quer testagem em funcionários da Andrade Gutierrez

"A maior parte dos casos confirmados de covid-19 no município de Dirceu Arcoverde e Dom Inocêncio, tratam-se de funcionários da referida empresa", afirmou Gabriela Almeida.

Bárbara Rodrigues
Teresina
31/05/2020 11h37 - atualizado 13h20

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio da promotora Gabriela Almeida de Santana, expediu recomendação, no dia 27 de maio, para a Andrade Gutierrez e demais empresas que compõem o Consórcio Linhão Bahia-Piauí para que façam a testagem de todos os funcionários após casos de coronavírus na Andrade.

Na sexta-feira (29) a empresa Andrade Gutierrez, responsável pelo consórcio Linhão Bahia-Piauí, paralisou temporariamente as obras realizadas nos municípios piauienses Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio e Lagoa do Barro. A decisão foi tomada após funcionários realizarem protestos depois que 35 profissionais foram diagnosticados com covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Ministério Público do PiauíMinistério Público do Piauí

Na recomendação a promotora afirmou que foi informada de que a “Polícia Militar e Vigilância Sanitária interceptaram um veículo com 25 trabalhadores da empresa Andrade Gutierrez, os quais estariam infectados e sendo trazidos do município de Pilão Arcado-BA para o município de São Raimundo Nonato, à revelia das autoridades sanitárias” e que "a maior parte dos casos confirmados de covid-19 no município de Dirceu Arcoverde e Dom Inocêncio, tratam-se de funcionários da referida empresa".

Ela ainda destacou que “a maioria dos funcionários da Andrade Gutierrez dormem em alojamentos ou em casas alugadas, com muitas pessoas dividindo o mesmo ambiente, o que facilita a propagação do vírus”.

A promotora Gabriela Almeida então expediu a recomendação onde pede que a Andrade Gutierrez e as empresas que compõem o Consórcio Linhão Bahia-Piauí realizem imediatamente a testagem de todos os funcionários que estão trabalhando nas atividades de construção de rede de transmissão de energia no município de Dom Inocêncio e Dirceu Arcoverde, com a finalidade de evitar novos contágios e a propagação do vírus, utilizando, para tanto, testes que se encontrem autorizados pela Agência de Vigilância Sanitária.

Ela ainda pediu que os prefeitos dos municípios coloquem a disposição profissional de saúde para a realização dos referidos testes diagnósticos, computando nos sistemas de saúde disponíveis os dados necessários para acompanhamento.

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresa paralisa obras no Piauí após funcionários contraírem covid-19