Coronavírus no Piauí

Covid-19: Wellington e Firmino vão definir novas medidas de restrição

Também serão discutidos cronogramas de trabalhos para conter a transmissibilidade do vírus e o plano de retomada das atividades econômicas.

Germana Chaves
Teresina
25/06/2020 09h40 - atualizado 09h42

O governador do Piauí Wellington Dias (PT-PI) fará uma reunião, às 10h desta quinta-feira (25), com o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB), com os presidentes da APPM, Ministério Público, Ministério Público do Trabalho, da Federação da Câmara dos Dirigentes Lojistas (FCDL), Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), além de representantes de setores comerciais.

Na oportunidade, eles irão discutir e anunciar novas medidas para conter o avanço do coronavírus (covid-19) no Piauí. Também serão discutidos cronogramas de trabalhos para conter a transmissibilidade do vírus e o plano de retomada das atividades econômicas.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wellington Dias e Firmino FilhoWellington Dias e Firmino Filho

Ao final da reunião, o governador do Estado vai promover uma entrevista coletiva virtual, às 12h30, para anunciar as decisões definidas.

Descarta lockdown

Durante entrevista ao GP1, na manhã desta quinta-feira, Wellington Dias descartou adotar o bloqueio total, como propôs Firmino Filho. Porem confirmou que vai adotar medidas de restrição mais rígidas.

“[Bloqueio] total não. Mas vamos adotar medidas restritivas para conter a expansão. Vamos fazer reduzir, cair transmissão e com isto reduzir número de hospitalização em UTIs e reduzir óbitos. Com isso, poder anunciar cronograma de abertura em cada etapa”, disse o governador à nossa reportagem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias descarta lockdown e promete medidas mais rígidas

"A retomada depende da colaboração de cada um”, diz Wellington Dias

Firmino Filho defende lockdown como condição para reabrir o comércio

Firmino Filho pretende reabrir comércio em Teresina no dia 07 de julho