Timon - MA

Criança de 11 anos invade escola e ameaça alunos em Timon

Segundo informações do tenente-coronel Schnneyder, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, a criança já é conhecida dos funcionários da escola e possui problemas psicológicos.

Wanessa Gommes
Teresina
14/03/2019 17h49 - atualizado 17h50

Na manhã desta quinta-feira (14), uma criança de 11 anos invadiu a Escola Municipal Paulo Freire, localizada no bairro Cidade Nova, na cidade de Timon, e ameaçou estudantes e professores com um estilete.

Segundo informações do tenente-coronel Schnneyder, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, a criança já é conhecida dos funcionários da escola e possui problemas psicológicos.

A Polícia Militar foi acionada e após a apreensão do menor, os familiares foram contatados assim como o Conselho Tutelar que vai dar os encaminhamentos devidos no sentido de evitar que a crianças seja novamente exposta a esse tipo de desvio de conduta.

Devido ao atentado que ocorreu, na manhã dessa quarta-feira (13), em uma escola em Suzano, na Grande São Paulo, notícias fakes foram espalhadas pelas redes sociais associando os dois casos.

Em nota, o tenente-coronel Schnneyder refutou as notícias e esclareceu o caso. Confira abaixo na íntegra:

Nota de Esclarecimento

O Comando do 11º BPM vem a público esclarecer fato ocorrido no dia 13 de março do corrente ano na cidade de Timon-MA, quando uma criança de 11 anos de idade invadiu a Escola Municipal Paulo Freire, localizada no bairro Cidade Nova e, de posse de um estilete, ameaçou a comunidade escolar ali presente.

Em função da comoção nacional por conta do fatídico atentado que tomou de conta do noticiário nacional ocorrido também em uma escola pública na cidade de Suzano-SP, pessoas publicaram nas redes sociais de maneira mal intencionada notícias “FAKES” procurando associar o fato ocorrido em Suzano com desvio de conduta praticado pela criança em Timon e logo a ocorrência tomou proporções exageradas.

Ressaltamos que a criança que praticou o desvio de conduta na escola de Timon já é conhecida dos funcionários, o mesmo encontra-se em situação de vulnerabilidade e possui problemas psicológicos. Segundo informações do agente de portaria da escola, que estava de plantão no momento do fato, a criança aparece sempre para pedir merenda e saciar a fome. Ontem a criança desviou a atenção do agente para poder pular o muro e adentrar uma das salas de aula onde encontrou o estilete que usou como arma para ameaçar funcionários e alunos. A Polícia Militar foi acionada e tomou todas as medidas cautelares que o atendimento desse tipo de ocorrência requer.

Após a apreensão do menor, os familiares foram contatados e o Conselho Tutelar foi acionado para dar os encaminhamentos devidos no sentido de evitar que a crianças seja novamente exposta a esse tipo de desvio de conduta.

Da mesma forma o Comando do 11º BPM, que já possui uma agenda rotineira de apoio à segurança nas escolas públicas de Timon, irá se reunir com representantes da Secretaria de Educação e demais instituições responsáveis pela segurança nas escolas para alinhar procedimentos específicos em casos como esse ocorrido na Escola Municipal Paulo Freire.

Hormann Schnneyder Almeida da Silva – Ten. Cel

Comandante do 11º BPM

Mais conteúdo sobre: