Altos - PI

Decretada preventiva de acusada de espancar idoso até a morte em Altos

A juíza Maria Luiza de Moura Mello descreveu que a suspeita deixou a vítima bastante debilitada, pois foi submetida a condições desumanas.

Davi Fernandes
Teresina
29/02/2020 07h54 - atualizado 08h16

A juíza Maria Luiza de Moura Mello e Freitas, da Vara Núcleo de Plantão de Teresina, converteu em preventiva a prisão de Raimunda Maria da Conceição, acusada de espancar o esposo, um idoso identificado como Antônio Costa Lima, 84 anos, que morreu a caminho do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), após sofrer as agressões. A decisão foi dada no último dia 23 de fevereiro.

Nos autos, a magistrada descreveu que a suspeita deixou a vítima bastante debilitada, pois foi submetida a condições desumanas. “Praticou o delito de expor a perigo a integridade e a saúde, física ou psíquica, do idoso, submetendo-o a condições desumanas ou degradantes ou privando-o de alimentos e cuidados indispensáveis, quando obrigado a fazê-lo”, destacou.

A juíza ainda ressaltou que a prisão segue os requisitos referentes à garantia da ordem pública. “Ademais, está presente, no caso dos autos, o preenchimento do requisito referente à garantia da ordem pública como uma das condições que autorizam a custódia cautelar da conduzida, nos termos do art. 312 do CPP, considerando a gravidade concreta do crime e a periculosidade da autuada, haja vista a forma empregada no cometimento do delito”, apontou.

Entenda o caso

Um idoso de 84 anos, identificado como Antônio Costa Lima, morreu na noite de sábado, 22 de fevereiro, após ser espancado pela própria companheira, identificada como Raimunda Maria da Conceição na cidade de Altos. Ela e o amante foram presos.

Segundo informações do agente Henrique, da Polícia Civil de Altos, a equipe chegou até a mulher após uma denúncia. "Recebemos uma denúncia a respeito de maus-tratos contra um idoso, nós apuramos e vimos que ele estava num estado de câncer terminal. Infelizmente ele veio a óbito por conta do espancamento. Ela agrediu ele bastante, cenas fortíssimas e ele veio a óbito no hospital de Altos", relatou.

De acordo com o agente, o idoso, que estava internado no hospital de Altos, seria transferido para Teresina, mas não resistiu aos ferimentos. "Recebemos uma ligação do hospital de Altos, informando que o senhor estava muito mal e que seria transferido para Teresina. No entanto, momentos depois, recebemos outra ligação informando que ele havia falecido", disse.

A mulher, acusada de espancar a vítima foi presa e vai responder por maus-tratos seguido de morte. O amante dela também foi preso e também vai ser investigado por maus-tratos. Os dois foram presos em Altos e encaminhados para a Central de Flagrantes de Teresina.

NOTÍCIA RELACIONADA

Idoso de 84 anos morre após ser espancado pela esposa em Altos

Mais conteúdo sobre: