Teresina - PI

Decretada preventiva de quadrilha acusada de fazer família refém no Ininga

Os acusados foram presos pela Polícia Civil na última quarta-feira (08), menos de 24h após o crime.

Fábio Wellington
Teresina
Willyam Ricardo
Teresina
12/01/2020 12h06 - atualizado 13h16

O juiz Ermano Chaves, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, decretou na quinta-feira (09), a prisão preventiva da quadrilha acusada de invadir uma casa e fazer uma família refém durante assalto na última terça-feira (07), no bairro Ininga, na zona leste de Teresina.

Francisco de Assis do Nascimento Rufino, Jefferson Martins da Silva, Geovane Suly Tavares Fernandes, Wemerson Italo Borges dos Santos e Francisco Gean Vieira da Paz foram presos pela Polícia Civil na quarta-feira (08), menos de 24h após o crime.

Segundo a polícia, além do veículo da família levado durante o assalto, foram apreendidos também uma motocicleta modelo Honda Biz, com restrição de roubo/furto e um carro modelo Renault Sandero, de cor preta, que foi usado na fuga dos acusados após o roubo.

Entenda o caso

Na tarde da última terça-feira (7), por volta das 13h30, uma família foi rendida por homens armados na porta de casa, e levada para dentro da residência, na Rua Jornalista João Rocha Marinho, no bairro Ininga, zona leste de Teresina, onde tiveram seus pertences levados pelos suspeitos.

Uma das vítimas do crime, a estudante Nathana Martins, contou ao GP1 que os acusados já estavam esperando uma vítima qualquer nas proximidades de sua residência e como ela que saiu primeiro, foi rendida e levada para junto de sua família, enquanto os suspeitos levavam os pertences da casa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bandidos armados invadem casa e fazem família refém em Teresina

Mais conteúdo sobre: