Ciência e Tecnologia

Depois do Instagram, Facebook também estuda esconder as curtidas

Ao site TechCrunch, a rede social confirmou que está testando o fim da contagem de 'likes', mas a novidade ainda não está disponível para os usuários. 

Por  Estadão Conteúdo
02/09/2019 16h16

Depois do Instagram, o Facebook pode também começar a testar esconder o número de curtidas das publicações. A pesquisadora Jane Manchun, que tem um longo histórico na antecipação de novidades no site, detectou o recurso na versão para Android do app da rede social.

Ao site TechCrunch, a rede social confirmou que está testando o fim da contagem de 'likes', mas a novidade ainda não está disponível para os usuários.

Atualmente, o Instagram, que pertence ao Facebook, está testando o fim da contagem em sete países, incluindo o Brasil. A empresa explicou a medida dizendo que não quer que as pessoas sintam que estão em uma competição. "Nossa expectativa é entender se uma mudança desse tipo poderia ajudar as pessoas a focar menos nas curtidas e mais em contar suas histórias", diz. O Facebook pode estar observando a plataforma da mesma maneira.

No anúncio da medida, influenciadores e usuários brasileiros ficaram preocupados. Após a implementação, alguns começaram até a burlar as restrições. Toda essa movimentação ocorreu mesmo com o Instagram sendo apontado como a pior rede social para a saúde mental dos usuários. Em 2017, um estudo da agência de saúde pública do Reino Unido considerou o Instagram a pior rede social para a saúde mental e o bem estar das pessoas.

O provável fim dos likes na rede social, marca também o fim de uma era. Neste ano, as curtidas completaram 10 anos, e o modelo ajudou a moldar o comportamento dos usuários e o modelo de negócios da internet atual.

Mais conteúdo sobre: