Política

Deputado Júlio César já gastou R$ 42 mil com aluguel de veículos

Segundo informações da Câmara dos Deputados, Júlio César (PSD) não faz uso de imóvel funcional e já recebeu neste ano R$ 25.518,00 mil em auxílio moradia.

Bárbara Rodrigues
Teresina
20/06/2019 12h22 - atualizado 12h31

O GP1 está divulgando uma série de matérias sobre a atuação dos deputados federais. Após informar sobre as proposições legislativas apresentadas pelos deputados neste ano, agora serão informados os gastos referente a cota parlamentar e a verba de gabinete.

Segundo informações da Câmara dos Deputados, Júlio César (PSD) não faz uso de imóvel funcional e já recebeu neste ano R$ 25.518,00 mil em auxílio moradia. Ele recebe um salário mensal bruto no valor de R$ 33.763 mil. Todo deputado federal tem direito a cota para o exercício da atividade parlamentar, no valor de R$ 40.971,77 por mês. Dessa cota o parlamentar já gastou R$ 194.731,63 mil, a maioria com a locação ou fretamento de veículos, onde já foram gastos R$ 42.500 mil.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Júlio CésarDeputado Júlio César

Em janeiro Júlio César gastou R$ 47.551, 49 mil, sendo: R$ 267 com a manutenção do escritório, R$ 2.406,94 com telefonia, R$ 47,04 com serviços postais, R$ 8.500 com locação ou fretamento de veículos, R$ 5.899,29 com combustíveis e lubrificantes, R$ 5 mil com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos, R$ 6 mil com serviço de segurança prestado por empresa especializada e R$ 19.431,22 com a emissão de bilhetes aéreos.

Em fevereiro o gasto total foi de R$ 48.044, 37 mil, sendo R$ 2.182,76 mil em telefonia, R$ 134,71 em serviços postais, R$ 8.500 na locação ou fretamento de veículos, R$ 5.981, 14 com combustíveis e lubrificantes, R$ 8 mil com divulgação da atividade parlamentar, R$ 6 mil com serviço de segurança e R$ 17.245,76 mil na emissão de bilhete aéreo.

Já no mês de março, o gasto registrado R$ 36.280,96 mil, sendo: R$ 2.212,63 mil em telefonia, R$ 346,44 em serviços postais, R$ 864 na assinatura de publicações, R$ 8.500 com locação ou fretamento de veículos, R$ 5.896,58 com combustíveis e lubrificantes, R$ 6 mil em serviço de segurança e R$ 12.461,31 mil na emissão de bilhete aéreo.

Em abril o gasto registrado foi de R$ 23.533,06 mil, sendo: R$ 248 em manutenção de escritório, R$ 1.710,61 em telefonia, R$ 151,91 em serviços postais, R$ 480 na assinatura de publicações, R$ 8.500 na locação ou fretamento de veículos, R$ 5.850,11 mil com combustíveis e lubrificantes, R$ 6 mil com serviço de segurança e R$ 592,43 por emissão de bilhete aéreo.

Em maio o gasto registrado foi de R$ 33.608,34 mil, sendo: R$ 2.782,68 com telefonia, R$ 726,93 com serviços postais, R$ 15.300 mil com locação ou fretamento de aeronaves, R$ 8.500 com locação ou fretamento de veículos e R$ 5.842,73 mil.

Como ainda estamos no mês de junho só constam gastos de R$ 5.713,41 mil, sendo: R$ 113,44 com serviços postais e R$ 5.599.97 com combustíveis e lubrificantes.

Verba de gabinete

Já em relação a verba de gabinete, cada deputado tem direito a receber R$ 111.675, 59 mil. Em janeiro o deputado Júlio César gastou R$ 110. 682.03 mil, em fevereiro foram R$ 107.207,96 mil e em março foram R$ 108.335,35.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deputada Margarete Coelho gastou R$ 33 mil com aluguel de veículos

Marina Santos gastou R$ 52 mil com divulgação de atividade parlamentar

Marcos Aurélio gastou R$ 55 mil com divulgação de ação parlamentar