Política

Deputados doaram R$ 3,4 milhões a famílias de parlamentares mortos em 2020

Conforme o decreto, os deputados devem doas duas diárias de trabalho para a família do deputado que falecer.

Nathalia Carvalho
Teresina
11/07/2020 15h08 - atualizado 15h11

Somente neste ano, deputados federais já doaram R$ 3,4 milhões a familiares de colegas que morreram recentemente, segundo o levantamento da Revista Época.

Conforme os decretos legislativos de 1975 e 1981, os deputados devem doar duas diárias de trabalho para a família de um deputado que falecer. Esse desconto equivale a aproximadamente R$ 2,2 mil por cada falecimento.

Somando as doações de toda a Casa, fica destinado R$ 1,1 milhão para família de parlamentares falecidos.

Neste ano morreram os deputados Luiz Flávio Gomes, do PSB, em abril; o Luiz Lauro Filho, do PSDB, em maio; e recentemente o deputado federal pelo Piauí, do PT, Assis Carvalho.

Relembre

O deputado Assis Carvalho sofreu um infarto no último domingo (5) na cidade de Oeiras, ele chegou a ser levar às pressas para o Hospital Regional Deolindo Couto, mas não resistiu e faleceu durante a tarde.

Emocionados, diversos parlamentares e até mesmo Rodrigo Maia e o ex-presidente Lula lamentaram a morte precoce do deputado em suas redes sociais.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Deputado federal Assis Carvalho sofre infarto no município de Oeiras

Lula lamenta morte precoce do deputado federal Assis Carvalho

Rodrigo Maia lamenta morte do deputado federal Assis Carvalho

Mais conteúdo sobre: