Teresina - PI

DER quer autorização para consertar trechos das BRs em Teresina

Por meio de nota, a Prefeitura de Teresina afirmou que os decretos vigentes não impedem intervenção emergencial nas áreas da construção civil e indústria.

Brunno Suênio
Teresina
18/06/2020 14h41 - atualizado 14h52

O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) reiterou à Prefeitura de Teresina o pedido de intervenção nos trechos das BRs 316, 343 e rodovia PI 112, que estão precisando passar por manutenção, devido à condição precária das pistas. É que, com o decreto municipal em razão da pandemia do coronavírus, que proíbe obras na Capital, a situação nas rodovias tem se agravado e causado transtornos a quem passa nos locais, diariamente.

Em entrevista ao GP1, na manhã desta quinta-feira (18), o engenheiro do DER-PI, Matias Sales, informou que o órgão fez o primeiro pedido há mais de 40 dias e de lá para cá não obteve resposta do Município. Ele defende que as empresas responsáveis pelas obras já se prontificaram em atuar na manutenção, porém, não a fazem por medo de serem multadas, já que não há autorização por parte da Prefeitura de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Trecho da BR 316Trecho da BR 316

“A gente está há mais de 40 dias com essa solicitação, reiteramos, mas a Prefeitura de Teresina não deu resposta de sim ou de não e nós estamos impedidos de trabalhar na BR 316, estamos impedidos de trabalhar na BR 343 e na PI 112, na saída para União. Todas são áreas que consideramos emergenciais e estariam dentro do decreto municipal. Nós provamos a necessidade, por exemplo, na saída para União tem uma UBS; na entrada de Teresina pelas BRs precisa ter uma boa condição em caso de emergência de Saúde com pacientes em ambulâncias, mas, infelizmente, continua dessa forma. Toda segunda-feira a gente se reúne com as empresas e com a Controladoria Geral do Estado, mas tem essa situação”, colocou Matias Sales.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Matias Sales Matias Sales

O GP1 esteve na BR 316, na entrada do residencial Mário Covas, no último dia 23 de abril, e denunciou a precariedade da rodovia naquele trecho. Atualmente, o local encontra-se sem nenhum tipo de intervenção. Na BR 343, a área de construção do Elevado do Mercado do Peixe, também continua com o mesmo problema.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Motoristas reclamam da quantidade de buracos no localMotoristas reclamam da quantidade de buracos no local

Em todos os pontos citados pela reportagem as obras seguem paralisadas em função do decreto da Prefeitura de Teresina, que barrou atividades consideradas não essenciais com a finalidade de conter o avanço do novo coronavírus na Capital.

O que diz a Prefeitura de Teresina

Por meio de nota, a Prefeitura de Teresina afirmou que os decretos vigentes não impedem intervenção emergencial nas áreas da construção civil e indústria.

Confira a nota na íntegra

A Prefeitura de Teresina esclarece que os decretos de suspensão das atividades de construção civil e industriais não proíbem reparos emergenciais, sobretudo em obras públicas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Buracos tomam conta da BR 343 próximo ao Mercado do Peixe

Buracos causam prejuízos e atrapalham trânsito na BR 316 em Teresina