Brasil

Desembargador Kássio Nunes Marques assume vice-presidência do TRF1

Os Tribunais Regionais Federais (TFR) são órgãos do Judiciário que representam a segunda instância da Justiça Federal.

ANDRESSA MARTINS
DE TERESINA
17/04/2018 09h06 - atualizado 09h08

Na noite desta segunda-feira (16) o desembargador federal piauiense Kássio Nunes Marques assumiu a vice-presidência do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). O desembargador federal Carlos Eduardo Moreira Alves tomou posse como presidente do tribunal.

  • Foto: Bárbara Rodrigues/GP1Desembargador federal do TRF1, Kássio Nunes MarquesDesembargador federal do TRF1, Kássio Nunes Marques

Estiveram presentes na cerimônia, que aconteceu em Brasília, o governador Wellington Dias (PT), a vice-governadora Margarete Coelho (Progressistas), a deputada federal Rejane Dias (PT) e o secretário de Justiça Daniel Oliveira.

“É sempre uma honra poder prestigiar piauienses que conquistam sucesso e levam o nome do nosso estado com muito respeito. Desejo muita sabedoria ao desembargador nesta nova missão”, escreveu Rejane Dias em sua conta oficial no Instagram.

Tribunais Regionais Federais (TRFs)

Os Tribunais Regionais Federais (TFR) são órgãos do Judiciário que representam a segunda instância da Justiça Federal. Atualmente no Brasil existem cinco TRFs que são distribuídos independentes das regiões definidas pelo IBGE.

O TRF1 tem sede em Brasília e compreende as seções judiciárias do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

O TRF2 compreende as seções do Rio de Janeiro e Espírito Santo; o TRF3 compreende as seções de São Paulo e Mato Grosso do Sul; o TRF4, que foi o responsável pela condenação do ex-presidente Lula, compreende as seções do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e o TRF5 compreende as seções de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Mais conteúdo sobre: